eSocial calcula o valor da rescisão do empregado doméstico - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Mercado de trabalho21/09/2016 | 16h13Atualizada em 21/09/2016 | 17h54

eSocial calcula o valor da rescisão do empregado doméstico

Facilidade para empregadores calcularem os valores devidos

eSocial calcula o valor da rescisão do empregado doméstico Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Aviso-prévio indenizado, 13º salário e férias proporcionais ao período trabalhado, salário-família, saldo do salário do mês. Tudo isso precisa ser contabilizado para ser pago no momento da rescisão do contrato de trabalho. Uma nova ferramenta disponível no site eSocial, sistema unificado de envio de informações pelo empregador em relação aos seus empregados, facilita este serviço. 

Leia mais
Concursos públicos oferecem 307 oportunidades no Rio Grande do Sul
Como começar a poupar e criar uma reserva para imprevistos

O empregador precisa informar a data e o motivo da rescisão e se é devido aviso-prévio indenizado. Com essas informações, o sistema efetua os cálculos de todos os valores devidos conforme o salário contratual do empregado. A ferramenta facilita os procedimentos de geração do Termo de Recisão de Contrato de Trabalho (TRCT) pois, nas situações em que o empregado doméstico não tem direito a férias indenizadas e recebe apenas salário fixo, ele não irá precisar realizar quaisquer cálculos rescisórios. O TRCT é necessário para solicitar o seguro-desemprego e o FGTS.

Leia outras notícias do dia

O Simples Doméstico reúne em uma única guia as contribuições fiscais, trabalhistas e previdenciárias que devem ser recolhidas. Para a emissão da guia unificada, o empregador deve acessar a página do eSocial na internet. Se o eSocial não for recolhido no prazo, o empregador paga multa de 0,33% ao dia, limitada a 20% do total.

Com Agência Brasil

 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • edsonnemoto

    edsonnemoto

    edson nemotoNovas regras passarão a valer para trabalhadores com idade até 50 anos https://t.co/YugE6YaqVT via @diario_gauchohá 2 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros