Apostadores revelam os sonhos com a Mega da Virada, que oferece R$ 225 milhões neste sábado - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Milionário31/12/2016 | 09h30Atualizada em 31/12/2016 | 09h30

Apostadores revelam os sonhos com a Mega da Virada, que oferece R$ 225 milhões neste sábado

Fique atento, as apostas poderão ser feitas até as 14h deste sábado 

Apostadores revelam os sonhos com a Mega da Virada, que oferece R$ 225 milhões neste sábado Félix Zucco/Agencia RBS
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Bastam seis dezenas para despertar sonhos esmaecidos pela falta de dinheiro suficiente para torná-los realidade. É a Mega da Virada, que mobiliza apostadores e anima até quem nunca costuma jogar na loteria, pela simples vontade de tentar a sorte de ficar milionário. O prêmio estimado é de R$ 225 milhões.

Leia mais:
Veja documentos necessários para crianças e adolescentes viajarem sozinhos ou acompanhados
UFRGS tem inscrições abertas para curso técnico gratuito

Quem ainda não jogou pode procurar qualquer lotérica do país para fazer as apostas até as 14h deste sábado. O sorteio será às 20h – e o prêmio não acumula, se não houver acertador das seis dezenas, a bolada sai para quem tiver acertado cinco dezenas e assim por diante. O bilhete mínimo custa R$ 3,50.

O prêmio é tão polpudo que, de cara, é difícil dizer qual seria a primeira providência do sortudo que conseguir acertar as seis dezenas. O mestre de obras Odanir Rizzi, 59 anos, do Bairro Lomba do Pinheiro, por exemplo, diz não ter nem noção do dinheirão que significa R$ 225 milhões. Ele joga os mesmos números desde os 37 anos e nunca ganhou nada. Mas segue jogando. Para a Mega da Virada, preencheu dez cartões.

Odanir nem tem noção do dinheirão que significa R$ 225 milhões Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

– Nem imagino o que fazer com tanto dinheiro, mas acho que compraria uma caminhonete, é o meu sonho – revela Odanir, que também ajudaria os filhos.

O mecânico Nilton Francisco Alves, 58 anos, do Bairro Petrópolis, jogou pela primeira vez na Mega da Virada. Achou melhor não ficar de fora da onda de apostas.

– Acho que compraria uma casa. E, depois, é viver com esse dinheiro – planeja.

Já o caminhoneiro Rubens Antônio Silveira, 56 anos, morador do Bairro Partenon, mesmo se conseguisse ser milionário, queria seguir levando uma vida modesta.

– Ajudaria muita gente lá no Asilo Padre Cacique. Isso é muito dinheiro – avalia.

Motorista particular

Se faturasse a Mega da Virada, a diarista Glaci dos Santos Marseti, 66 anos, do Partenon, daria adeus ao aluguel comprando uma casa. Ela fez dois jogos. Mas também pensa em mudar a realidade dos outros:

– Acho que investiria em obras sociais. Não me sentiria dona de nada, apenas depositária – revela.

A enfermeira aposentada Neuza Mello, 54 anos, também ajudaria ao próximo, abrindo uma ong. E depois de ajudar as irmãs, a aposentada Dalva Souza da Silva, 72 anos, da Lomba do Pinheiro, usaria parte do dinheiro do prêmio parar contratar um motorista particular.

– Eu ia ligar para ele vir me buscar nos lugares, já que não posso mais dirigir – diverte-se Dalva, que também compraria uma casa em Viamão.

Sábado de apostas

De acordo com o presidente do Sindicato dos Agentes Lotéricos, Correspondentes Bancários, Comissários e Consignatários do Estado do RS, Marco Antônio Kalikowski, o sistema da Caixa aceitará apostas até as 14h de sábado. Quando o relógio marcar este horário, o sistema encerrará e não será mais possível fazer jogos – mesmo que haja pessoas nas lojas. Por isso, é importante que os apostadores se organizem para não perderem a chance de jogar.

Para facilitar a vida dos apostadores, a recomendação é de que as lotéricas não aceitem pagamento de contas no sábado e se dediquem exclusivamente às apostas. As lojas de rua devem abrir às 8h e as de shopping de acordo com o horário dos estabelecimentos.

O que daria para comprar com R$ 225 milhões
– 5.625 carros populares (R$ 40 mil cada)
– 23 apartamentos em bairro nobre de Porto Alegre (R$ 9,8 milhão cada)
– 150 apartamentos no Centro de Porto Alegre (R$ 1,5 milhão cada)
– Conforme cálculos da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), se a pessoa ganhar sozinha e investir em uma aplicação que renda 0,6% ao mês, só no primeiro mês de investimento, receberá R$ 1.350 milhão
– Em uma aposta da Mega da Virada, a chance de acertar os seis números é de uma em 50.063.860, segundo a Caixa Federal.


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • gauderioricardo

    gauderioricardo

    Ricardo Reischakhttps://t.co/umt1qLEPNV via @diario_gauchohá 50 minutosRetweet
  • ClaraGuimarae

    ClaraGuimarae

    Maria ClaraRT @DailyDaphneB: As meninas apareceram em um trecho da matéria do site Diario Gaúcho https://t.co/OyfVrU3hdg https://t.co/IQ4bOr5diChá 2 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros