Creche não reabre após as férias por conta de burocracia e 40 crianças são prejudicadas em Cachoeirinha - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Seu Problema é Nosso21/02/2017 | 08h23Atualizada em 21/02/2017 | 08h32

Creche não reabre após as férias por conta de burocracia e 40 crianças são prejudicadas em Cachoeirinha

Quatro das cinco creches conveniadas com a prefeitura já abriram, menos a Averonice

Creche não reabre após as férias por conta de burocracia e 40 crianças são prejudicadas em Cachoeirinha Robinson Estrásulas/Agencia RBS
Crianças querem voltar para a escolinha  Foto: Robinson Estrásulas / Agencia RBS

Você acorda cedo, pronta pra ir trabalhar. Arruma seu filho e, ao chegar na creche, ela está fechada, sem aviso prévio. Cerca de quarenta mães de Cachoeirinha estão vivendo esta situação.

A creche Averonice, no Bairro Eunice Nova, conveniada com a prefeitura, deveria receber os alunos no dia 7 de fevereiro. Para surpresa das famílias, a instituição estava fechada por uma questão burocrática envolvendo a falta de um documento. Então, as mães se reuniram em um grupo do WhatsApp para, juntas, buscarem ajuda.

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!

A vendedora Giedre Andorffy da Cunha Borges, 23 anos, mãe de Bernardo Andorffy de Almeida, três anos, só não deu com a porta na cara porque, na noite anterior à volta às aulas, ligou para a secretária da creche para ver o horário em que poderia levar o filho. Foi avisada de que o local estaria fechado e sem previsão para reabrir.

De surpresa

A agente de turismo Cintia D¿ávila, 37 anos, mãe da Manuela, três anos, e a vendedora Patricia Portela, 27 anos, mãe de Lorenzo, três anos, foram surpreendidas. Bernardo, Manuela e Lorenzo estão matriculados desde 2015. As rematrículas para 2017 foram feitas no final de 2016 e, até então, nada havia sido informado.

Famílias estão indignadas com o descaso Foto: Robinson Estrásulas / Agencia RBS

Sem perspectivas

Sem prazo para reabertura da creche Averonice, as mães pediram que a Secretaria Municipal da Educação realocasse as crianças em outras creches. A resposta foi negativa.

Com isso, Cintia, Patricia e Giedre estão vivendo o mesmo dilema: não têm condições de pagar uma creche particular, não podem deixar o trabalho para ficar em casa com os filhos e não veem uma expectativa de solução para o problema.

Nenhuma solução a curto prazo

Segundo a secretária da Educação de Cachoeirinha, Rosa Maria Lippert, até o ano passado, estavam sendo mantidos convênios com cinco creches. Todas foram convocadas a apresentar documentação até 20 de janeiro para que fosse mantido o termo de colaboração. Quatro entregaram e apenas a Averonice não.

O presidente da associação Averonice e responsável pela creche, José de Jesus, alegou que falta a certidão negativa da Justiça do Trabalho.

Leia mais
Falta de manutenção em rua de Viamão obriga moradora a tapar buracos para conseguir sair de casa
Após limpeza, comunidade cerca terreno em Porto Alegre para evitar que ele se torne lixão novamente
Falta de vaga no transporte social pode fazer Luis Henrique perder tratamento de fisioterapia na AACD

Sem retorno

Ele argumenta que esse documento não era solicitado até 2016 e que, por existir um processo trabalhista de uma ex-professora contra a creche, não haveria como expedi-lo.

Rosa afirmou que 40 crianças estão matriculadas na Averonice. Segundo ela, existe uma lista de espera para a educação infantil municipal e, por isso, ainda não há como encaminhar os alunos da Averonice para as demais escolinhas.

— Estamos buscando alternativas, reorganizando os espaços e tentando mandar algumas crianças para as escolas de ensino fundamental para tentar dar conta de toda a demanda — explicou Rosa.

O DG questionou a Secretaria de Educação de Cachoeirinha sobre como será resolvida a pendência. Porém, não obteve retorno até o final da tarde.

Produção: Shállon Teobaldo


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • diario_gaucho

    diario_gaucho

    Diário Gaúchohttps://t.co/4tccF1Hk8bhá 1 horaRetweet
  • _patisshot

    _patisshot

    PatríciaCom certeza eu esqueço tudo o que a minha mãe faz, e é involuntário. Pq se eu lembrasse... eu seria manchete no diário gaúchohá 1 horaRetweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros