Escola infantil de Viamão busca R$ 90 mil para fazer reformas e ampliar atendimento - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Seu problema é nosso24/07/2017 | 10h50Atualizada em 24/07/2017 | 11h09

Escola infantil de Viamão busca R$ 90 mil para fazer reformas e ampliar atendimento

A campanha criada propõe que três mil pessoas doem, cada uma, R$ 30

Escola infantil de Viamão busca R$ 90 mil para fazer reformas e ampliar atendimento Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal
Diário Gaúcho
Diário Gaúcho

Há 11 anos estabelecido na Rua Djalma Veiga, 407, no Bairro Estalagem, em Viamão, o Centro de Educação Infantil e Social Molekada passa por um momento decisivo em sua história. Desde maio deste ano, a associação sem fins lucrativos busca R$ 90 mil para adquirir o imóvel em que atende 36 crianças da comunidade.

O motivo para a compra é a necessidade de adequação à Resolução 1/ 2015, do Conselho Municipal de Educação (CME) de Viamão, que fixa normas para o funcionamento desses locais, em especial em relação ao espaço, às instalações e aos equipamentos. Porém, sendo alugado, nenhuma reforma estrutural pode ser feita.

– Temos que mexer na altura do imóvel, já que, em algumas salas, ela é mais baixa do que deveria. Também tem a questão das portas, que devem ser trocadas por causa da acessibilidade – exemplifica a pedagoga Patrícia Pacheco Magalhães dos Santos, 37 anos, gestora e criadora do projeto.

Campanha

O carro-chefe para levar a Molekada até os R$ 90 mil é a campanha 3milpor30, por meio da qual já foram arrecadados R$ 4,5 mil. O nome é autoexplicativo: o objetivo é que 3 mil pessoas doem, cada uma, R$ 30, o que, no fim, leva ao valor almejado. Além disso, por meio de parcerias com empresas locais, cada comprador tem direito a um serviço em troca da doação, como tatuagem, corte de cabelo, lanche e massagem. A lista de serviços oferecidos está na página no Facebook e no site da Molekada (veja no quadro abaixo).

A escola

A permanência de cada criança em turno integral na instituição, de segunda a sexta- feira, das 7h às 19h, e com quatro refeições diárias, custa R$ 250 mensais aos pais dos alunos. É desse dinheiro e de doações esporádicas que sai a ajuda de custo dada a cada um dos seis voluntários fixos do projeto. Além de Patrícia, atuam na escola três educadores sociais – um deles é também técnico de enfermagem –, uma professora de dança e uma nutricionista.

A escola, que atende crianças de dois a nove anos – as mais velhas têm atividades recreativas no contraturno escolar –, possui 40 nomes na lista de espera. Segundo Patrícia, o número só não é maior porque a instituição parou de registrar novos pedidos. 

Leia mais
Aposentada com Mal de Parkinson não recebe medicamento há três meses em Cachoeirinha
Crianças com doença rara precisam de R$ 3 milhões para custear tratamento. Saiba como ajudar
Mãe de sete filhos, diarista vai ganhar casa nova e projeto social pede doações para erguer a moradia

Trabalho aprovado

A técnica de enfermagem Michele Oliveira Albring, a secretária Bruna Chaves Carvalho e a dona de casa Simone Sansonovicz Carvalho têm algo em comum, além de filhos matriculados na Molekada: todas elas aprovam o trabalho desenvolvido lá e sentem, em casa, os benefícios.

– Quando entrou, ele não falava direito e, lá, desenvolveu bem a fala. Também ficou mais tranquilo, era muito bagunceiro – conta Simone, 47 anos, mãe de Bernardo, cinco anos.

– Eles são bem regrados com os horários pra dar comidinha, pra brincar, pra fazer as atividades. Quando a Nicolle não vai, reclama – garante Bruna, 27 anos, sobre a filha, quatro anos.

Michele gosta tanto que tem duas filhas estudando lá: Rafaela, seis anos, e Laura, dois anos. 

Como ajudar

Próximos eventos:
— Além da campanha 3milpor30, a Molekada e a comunidade organizam outros eventos para arrecadar fundos e adquirir o imóvel. Nestes casos, toda a renda será revertida para a instituição.
— Em 6 de agosto, às 14h: projeto Hoje tem Samba. Show com diversas bandas na quadra da escola de samba Vila Isabel, no Bairro Santa Isabel, em Viamão.
— Em 19 de agosto, 15h30min: Chá da Família. Brindes, brincadeiras e apresentações, além de doces e salgados, na sede da Molekada.

Informe-se:
— Rede social: facebook.com/centroinfantilmolekada
— Site: centromolekada.wixsite.com/molekada
— E-mail: centromolekada@gmail.com
— Telefones: (51) 3485-1197 e (51) 98458-9644

*Produção: Juliano Zarembski

Leia mais notícias



 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros