Guia de sobrevivência para a semana da Black Friday - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Economia20/11/2017 | 07h00Atualizada em 20/11/2017 | 07h00

Guia de sobrevivência para a semana da Black Friday

Saiba como evitar fraudes e aproveitar o melhor da temporada de promoções

Guia de sobrevivência para a semana da Black Friday Anderson Fetter/Agência RBS
Foto: Anderson Fetter / Agência RBS

Na próxima sexta-feira, ocorre a Black Friday, data de promoções no comércio online e também ao varejo tradicional. Trata-se de uma boa oportunidade para garantir produtos que são sonho de consumo por preços mais baixos. Mas também uma data em que a cautela orçamentária e o alerta para não cair em golpe devem estar ligados ao máximo. 

Veja abaixo o que levar em conta antes de buscar as promoções. As dicas são de Breno Nogueira, especialista em comércio eletrônico e diretor do site Loja Integrada, de Marco Ribeiro, professor de Segurança da Informação da FIA e diretor da consultoria Protiviti, da Certisign – Autoridade Certificadora e do site de cupons Peixe Urbano.

Leia mais:
Black Friday: dicas para comprar passagens aéreas mais baratas na data
Fique preparado para evitar as pegadinhas no comércio com as compras de fim de ano
Black Friday: 8 dicas para se preparar para a data

Evite fazer maus negócios
– Antes de comprar em um site, dê uma olhada na sua reputação a partir das avaliações feitas pelos outros consumidores em sites como o Reclame Aqui (reclameaqui.com.br) e o Procon (http://bit.ly/SKcpsf). 

– O Procon_SP tem uma lista de sites de compras não-confiáveis, que devem ser evitados pelo comprador. A principal irregularidade é a não entrega dos produtos. O link é http://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php.

– Não espere receber suas compras em uma data limite, como Natal ou um aniversário nos próximos dias. Durante a Black Friday, por conta da alta demanda, os sites oferecem prazos de entrega mais longos do que o usual, e o risco de atraso cresce.

– Faça cópias de tela em cada etapa da compra. Isso será importante para contestar algum valor cobrado indevidamente, ou diferença no produto recebido em relação ao encomendado. No computador, é só apertar a tecla Print Screen e colar em outra aplicação, como seu e-mail. 

Proteja-se de fraudes
Seja a compra feita por computador, tablet ou smartphone, garanta a segurança do aparelho com a proteção adequada, como softwares de antivírus e antimalwares. Para ambos, é possível encontrar aplicações gratuitas ou pagas na internet.

– Neste período, circulam muitos e-mails falsos, os conhecidos phishings, que carregam links para websites fraudados. Estes links podem roubar dados como e-mail, senha e número de cartão de crédito. Se ficou interessado pela promoção, é melhor acessar direto o site da loja para conferir e não clicar no link.

– Na etapa de conclusão da compra, é comum o site pedir a criação de senhas de acesso. Não use um mesmo código usado em serviços como e-mail e redes sociais: seja criativo na hora de fazer as senhas, diferenciando-as para cada site.

– Verifique se a página da loja onde pretende fazer a compra possui um selo de segurança. Ele atesta que o site é confiável para transações e inserções de dados. Também veja se existe um cadeado fechado na barra do navegador, comprovando o sigilo dos dados informados.

– Lembre de que o cartão de crédito é a forma de pagamento online mais segura para o cliente: caso não reconheça algum lançamento feito em sua fatura, ele tem o direito de realizar a contestação e solicitar o estorno. Além disso, para que uma loja virtual possa receber pagamentos via cartão, é exigida extensa documentação.

Caminhos para descobrir as melhores ofertas
Acesse os principais buscadores de preços, como Zoom e Buscapé, que reúnem as ofertas dos lojistas em um único lugar, para ganhar tempo na pesquisa e aproveitar as melhores ofertas.

– Cadastre-se no mailing das lojas que vendem os produtos que o interessem, para conhecer em primeira mão as ofertas durante a data – muitas se esgotam rapidamente.

– É importante ter em mente o que pretende comprar para monitorar o preço dos produtos com antecedência. Assim, você saberá se o desconto oferecido é realmente vantajoso.

– Esteja atento ao custo do frete e ao prazo de entrega, que pode ser mais longo nesta época do ano em razão da alta demanda. O valor da entrega é importante porque pode tornar o produto mais caro do que no comércio convencional.  

– Para não se perder na lista de desejos, é importante organizar os produtos por ordem de prioridade. A dica é planejar o orçamento disponível para o período, estipulando os gastos à vista e parcelado, de acordo com as capacidades financeiras.

– Caso faça a compra e perceba que entrou em um mau negócio, use a seu favor o "Direito de Arrependimento", previsto no Código de Defesa do Consumidor. Ele assegura ao consumidor o direito de desistir da compra no prazo de sete dias a partir da transação ou do recebimento do produto ou serviço.

Os números da Black Friday 2017
– Pesquisa realizada pelo Sindilojas Porto Alegre projeta que as vendas do comércio de rua na Black Friday neste ano serão 9% maiores do que as registradas no mesmo período do ano passado. O ticket médio será de R$ 612.

– Segundo o portal BlackFriday.com.br, a edição deste ano baterá o recorde de vendas no e-commerce, alcançando R$ 2,2 bilhões – crescimento de 19% em relação ao ano anterior.

– Para o Rio Grande do Sul, a previsão é de que o volume total de compras ultrapasse R$ 108 milhões nas encomendas pela internet.

– Uma pesquisa feita pelo Zoom, site e app comparador de preços, revela que 23% dos consumidores farão as compras no período da madrugada de quinta para sexta, enquanto 16% buscarão negócios ainda na noite de quinta-feira. 

Como comprar passagens aéreas com desconto
Um segmento em particular tem atraído a atenção de consumidores em busca de ofertas na Black Friday: o de passagens aéreas. Quem procura pode encontrar boas ofertas: em 2016, muitas companhias aéreas baixaram os preços na data. Alguns sites que ajudam a garimpar passagens em oferta:

CupoNation (https://www.cuponation.com.br/)_ Reúne cupons de descontos de diferentes empresas de turismo, com ofertas de passagens e pacotes. Terá esquema especial de Black Friday

Melhor Embarque (http://www.melhorembarque.com.br/) _ Além de comparar preços de passagens aéreas, o site faz parcerias com empresas aéreas e portais de compra de pacotes, com códigos promocionais.

Kayak (https://www.kayak.com.br/) - Faz alertas de preços quando as passagens ficam mais baratas. O site também apresenta dicas de melhores horários e dias para comprar a passagem.

Skyscanner (https://www.skyscanner.com.br/) - Também faz alerta de preços na pesquisa por passagens aéreas. Um botão permite ser informado por e-mail toda vez que o preço cair ou subir. 


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros