Preso por assalto a banco esteve entre os 10 criminosos mais procurados do RS - Notícias

Versão mobile

 

Vale do Taquari31/05/2018 | 15h08

Preso por assalto a banco esteve entre os 10 criminosos mais procurados do RS

Outros dois suspeitos de roubo a agência bancária e lotérica foram mortos em confronto com a Brigada Militar na noite de terça-feira (29)

Preso por assalto a banco esteve entre os 10 criminosos mais procurados do RS Brigada Militar/Divulgação
Armas, munições e dinheiro foram apreendidos na noite de terça-feira (29) pela Brigada Militar Foto: Brigada Militar / Divulgação
Leticia Mendes

Um dos suspeitos de terem assaltado um banco e uma lotérica em Vespasiano Corrêa, no Vale do Taquari, preso na noite dessa terça-feira (29), já foi considerado pela Polícia Civil como um dos 10 mais procurados do Rio Grande do Sul. Joel Machado dos Santos, 37 anos, conhecido como Foguinho, foi capturado durante as buscas realizadas pela Brigada Militar, em Muçum. Dois assaltantes, ainda não identificados, foram mortos durante confronto com os policiais. Outro suspeito de tentar resgatar os integrantes que restam do bando foi preso nesta quarta-feira (30). 

Leia mais
Dois homens são flagrados com U$ 400 mil na roupa em Santana do Livramento
Dois assaltantes de banco são mortos em confronto com a polícia
Polícia apreende fuzis com brasão do Exército em Triunfo 

Segundo o delegado Augusto Cavalheiro, que responde pela Delegacia de Polícia de Muçum, os dois presos até o momento eram moradores de Cachoeirinha, na Região Metropolitana. Santos foi preso em flagrante por roubo e por tentativa de homicídio contra os policiais militares. Ele estaria junto com o bando, que trocou tiros com a BM por volta das 20h30min de terça-feira. Eles teriam saído dos matagais e caminhavam por uma estrada quando depararam com uma barreira policial.

Dois suspeitos do assalto acabaram mortos a tiros e Santos, que não teria reagido, foi preso. Os outros conseguiram escapar pelos matos. Na ação, foram apreendidos três coletes balísticos, um fuzil 556, duas pistolas 9 milímetros (de uso restrito), um revólver 38, uma espingarda calibre 12, oito carregadores de pistola, cinco carregadores de fuzil e 487 projéteis, sendo 221 para fuzil. Também foram recuperados cerca de R$ 30 mil em dinheiro e cinco toucas-ninja. Os mortos ainda não foram identificados. A polícia suspeita que eles também sejam da Região Metropolitana.  

Joel Machado dos Santos, o Foguinho, um dos 10 foragidos mais procurados do Estado
Joel Machado dos Santos, 37 anos, preso pela BMFoto: Renato Gava / Diário Gaúcho

— Temos identificações extraoficiais, mas estamos trabalhando para uma confirmação — explicou o delegado. 

A lista na qual Santos aparecia como um dos foragidos mais procurados pela polícia no Estado foi divulgada em fevereiro de 2011. Segundo a Polícia Civil, ele tinha histórico por tráfico, estelionato, roubo de veículo, assalto a estabelecimento comercial e ataques a bancos. 

Em maio de 2011, foi capturado pela Brigada Militar em Gravataí, na Região Metropolitana. A bordo de um Golf, foi preso no bairro Morada do Vale II. Na época era investigado por ataques a caixas eletrônicos e tinha mandado de prisão decretado pela Justiça de Parobé. Santos estava em liberdade desde abril de 2015. Após ser preso nesta terça-feira, decidiu permanecer em silêncio. Ele foi encaminhado para o Presídio de Encantado. 

Suspeito de tentativa de resgate de bando é preso

Além de Santos, a BM prendeu Felipe da Silva Pietro, 27 anos, também morador de Cachoeirinha. Ele estava em um Ford Ka que tentou escapar de uma barreira policial, no município de Arroio do Meio. Após ser abordado pelos policiais, tentou escapar, mas acabou sendo preso. Outro homem, que também estava no veículo, conseguiu fugir e se embrenhar nos matagais. 

Segundo o comandante da BM no Vale do Taquari, coronel Ricardo Hofmann, informalmente o preso confirmou aos policiais que tinha ido ao local tentar resgatar o bando. Na Delegacia de Polícia, permaneceu em silêncio. A polícia acredita que até quatro criminosos, entre eles três que participaram do assalto e um que estava no Ford Ka, possam estar escondidos nos matagais. Preso por associação criminosa e por prestar auxílio a criminosos, Pietro foi encaminhado para o Presídio de Arroio do Meio. 

O assalto

Buscas por criminosos que atacaram banco em Vespasiano Corrêa, no Vale do Taquari
Buscas com helicóptero vem sendo realizadas pelos policiais militares Foto: Brigada Militar / Divulgação

O ataque a agência do Banrisul de Vespasiano Corrêa, município de cerca de 2 mil habitantes, ocorreu na madrugada de terça-feira (29). Pelo menos cinco homens armados e encapuzados invadiram o banco, na Avenida Professor Sérgio Beninho Gheno, por volta das 2h. Os criminosos arrombaram o caixa eletrônico, com uso de maçarico, e o cofre, com alavancas de ferro. Os bandidos ainda teriam tentado detonar explosivos, mas não conseguiram detonar os artefatos. 

O condutor de um caminhão, que passava pelo local, foi rendido pelos bandidos. Eles obrigaram a vítima a manter o caminhão atravessado na pista. Após deixarem o banco, os bandidos ainda arrombaram uma lotérica, que fica ao lado da agência. Para a fuga eles usaram uma Space Fox e uma Meriva, que acabaram sendo abandonadas após confronto com a BM.  

Leia outras notícias do Diário Gaúcho


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros