Mães organizam mutirão para fazer limpeza em escola na zona norte de Porto Alegre - Notícias

Versão mobile

 

Seu problema é nosso23/08/2018 | 09h50Atualizada em 23/08/2018 | 09h50

Mães organizam mutirão para fazer limpeza em escola na zona norte de Porto Alegre

Vendo o número de insetos crescer e até ratos aparecerem no local, elas resolveram formar um grupo para trabalhar na manutenção da área

Mães organizam mutirão para fazer limpeza em escola na zona norte de Porto Alegre Arquivo Pessoal / Leitor/DG/Leitor/DG
Suzana, Vanuza, Jaqueline, Rosa e Juliana fazem parte do grupo Foto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG / Leitor/DG

Foi na falta de ação do poder público que as mães da Escola Municipal de Ensino Fundamental Lauro Rodrigues, no bairro Passo das Pedras, em Porto Alegre, resolveram agir. O mato e a sujeira estavam tomando conta da área onde as crianças dos Jardins A e B brincavam. 

Leia mais
Saiba por que está faltando Ritalina nas farmácias do Rio Grande do Sul
Moradores do Lami organizam abaixo-assinado para pedir linha de lotação
Menina busca apoio para comprar prótese, em Guaíba

Vendo o número de insetos crescer e até ratos aparecerem no local, elas resolveram formar um grupo para trabalhar na manutenção da área. A dona de casa Suzana Dominges, 27 anos, moradora do bairro Costa e Silva, foi uma das idealizadoras da ação: 

— Estávamos preocupadas com nossos filhos, com a segurança deles ao brincarem no pátio da escola. 

O mutirão teve autorização da diretoria da escola para funcionar. As mães também colocaram na agenda dos pequenos um bilhete convidando os pais a participarem ou ajudarem o grupo com materiais e doações. 

— É tudo voluntário. Quem pode, contribui. Todos são bem-vindos — conta Suzana. 

Rotina 

A primeira ação ocorreu no início deste ano, em abril. Entre os serviços realizados, estão a capina do pátio e da calçada que passa junto à cerca do colégio, a construção de uma caixa de areia para as crianças brincarem e o início da pintura da ala infantil. 

— Começamos a ação por ver que o espaço estava esquecido. Agora, fazemos visitas semanais — explica Suzana. 

Várias mães já ajudaram na ação, conforme a dona de casa. Atualmente, cerca de quatro delas ainda estão ativamente fazendo os serviços, que costumam ocorrer às terças-feiras. 

Suzana conta que a filha Carolina Dominges Saschin, cinco anos, já entende os benefícios que a solidariedade das mamães tem gerado. Inclusive, foi contagiada pela atitude do mutirão. 

— A Carolina mesmo tem cobrado os coleguinhas para que também cuidem do espaço e não espalhem lixo em local indevido. É legal ver que o nosso esforço está gerando resultados — comemora a mamãe-coruja. 

Mulherada proativa cuidando do pátioFoto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG

Secretaria incentiva ação 

A Secretaria Municipal de Educação (Smed) explicou que o "envolvimento da comunidade é construtivo, seja para a melhoria das instalações das escolas ou em outras ações no sentido do aumento da qualidade da educação dos alunos". 

Em relação à queixa dos pais e mães pela falta de capina e limpeza que ocorria na Lauro Rodrigues, a Smed informou, por nota, que "a capina é realizada de acordo com a necessidade da escola".

Outra reclamação relatada pelas famílias é quanto à suspensão das aulas, que ocorre há cerca de 15 dias. A situação é causada pela greve dos municipários. De acordo com a secretaria, ainda não há previsão de retorno dos trabalhos, mas a pasta salientou que todas as aulas deverão ser recuperadas para o término do ano letivo. 

*Produção: Alberi Neto

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso


->
 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros