Serasa lança aplicativo para negociar e quitar dívidas com descontos de até 90% - Notícias

Versão mobile

 

Em 3 etapas04/09/2018 | 10h05Atualizada em 04/09/2018 | 11h02

Serasa lança aplicativo para negociar e quitar dívidas com descontos de até 90%

Usuários do Serasa Limpa Nome podem conferir o status do seu parcelamento, emitir segundas vias e acompanhar o andamento dos acordos pelo celular, computador ou tablet

Diário Gaúcho
Diário Gaúcho

Quem está endividado tem agora uma forma mais fácil para renegociar e quitar seus débitos. A Serasa relançou um aplicativo digital — para celular, tablet e computadores — que simplificou o processo. Pelo Serasa Limpa Nome, em apenas três etapas é possível encaminhar a negociação de dívidas, incluindo as que ainda não estão negativadas.

A negociação oferece descontos de até 90%. Conforme um estudo feito pelo Serasa Consumidor, 67% das pessoas preferem pagar a dívida à vista se houver um bom desconto. 

De acordo com dados da Serasa Experian, atualmente existem 61,6 milhões de brasileiros em situação de inadimplência. São 27 milhões cadastrados na Serasa — que poderão usar o serviço gratuitamente, sem precisar se deslocar para realizar a negociação e o pagamento. 

Leia mais
INSS deposita 50% do 13º a aposentado que ganha acima do salário mínimo

O serviço de negociação digital oferece a fusão entre a ferramenta e empresas parceiras, como bancos, varejos e companhias de telefonia. Assim, também é possível negociar contas atrasadas com os parceiros da plataforma e não somente as dívidas negativadas no Serasa. O Serasa Limpa Nome já firmou parceria com sete instituições: Itaú, Bradesco, Net/Claro, Losango, Tricard, Porto Seguro Cartões e Ipanema Credit Management.

Além de acessar as dívidas existentes e visualizar os débitos que estão em atraso e não foram negativadas no Serasa Experian, é possível, ainda, conferir o status do seu parcelamento, emitir segundas vias e acompanhar o andamento dos seus acordos. 

Site do Serasa Limpa NomeFoto:

O aplicativo em três passos:

1- Consulte grátis seu CPF e confira suas dívidas. 

2- Escolha as opções de parcelamento e conclua o acordo. 

3- Basta gerar o boleto. Com o boleto gerado, é preciso escolher a forma de pagamento: à vista ou parcelado. Em caso de parcelamento, o consumidor poderá optar pela quantidade de parcelas e a data de vencimento. Depois, é só efetuar o pagamento por meio dos aplicativos dos bancos, das agências lotéricas ou da forma que preferir.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros