Cris Silva: "'Vale night' vale muito!" - Notícias

Versão mobile

 

Lá em Casa30/11/2018 | 08h00Atualizada em 30/11/2018 | 08h00

Cris Silva: "'Vale night' vale muito!"

Colunista fala sobre assuntos familiares e maternidade nas edições de sexta-feira

Cris Silva: "'Vale night' vale muito!" Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Com o Paulo, relação é de amor e parceria Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Depois que o homem e a mulher viram pai e mãe, muita coisa muda. O filho muda a vida de um casal e é preciso estar atento para não deixar ir por água abaixo a relação a dois. Noites maldormidas, queda de hormônios e choro do bebê são apenas alguns elementos que podem colocar em risco a inteligência emocional dos pais. Mas, calma, respira que tem jeito.

Estatística

Outro dia, li sobre uma pesquisa feita nos Estados Unidos, pelo Relationship Research Institute, que mostrou que dois terços dos casais relataram queda na qualidade da relação depois de três anos do nascimento do bebê. E, depois de cinco anos, 25% dos casamentos terminaram. 

Leia outras colunas da Cris Silva

Pensei na hora que não quero fazer parte dessa estatística. Afinal, o que fazer para não se desconectar com uma pessoa tão importante ao ponto de te dar o maior presente da vida?!

Acho que sabemos a resposta. É preciso não se perder em meio a tantos desafios. A chegada de um filho é inexplicável no quesito emoção e, ao mesmo tempo, é um mundo cheio de dúvidas, erros e acertos.

Um tempo só nosso

A psicóloga da pesquisa dizia que é preciso “muito diálogo para superar as transformações que um filho impõe na vida a dois. Entretanto, criar uma criança é um projeto em comum que pode fortalecer o casal, desde que ambos contribuam para isso”.

Leia também
Cris Silva e o conselho de mãe: "Hoje não deu, mas amanhã vai dar"
Cris Silva: "Todo mundo já pensou, pelo menos uma vez, em ter ou não um filho"

Concordo plenamente e lá em casa é assim. Eu percebo que minha relação com o Paulo, meu marido, se fortalece ainda mais quando passamos por dificuldades.

Outra tática é manter as individualidades, ele com os momentos dele e eu com os meus. Somos dois, mas somos um. 

E nada como o clássico “vale night”, aquele tempinho só nosso pra jantar, ir ao cinema, curtir uma festa... não é só um tempo para nós, é um tempo por nós.

InspirAção 

Foto: Divulgação

Esse espaço existe para mostrar pessoas e ideias que inspiram. Hoje, quero apresentar uma marca criada por dois irmãos, Max Neto e Mari Neuwald, lá de Rio Grande. Eles sonhavam em vestir seus filhos com roupas que tivessem significado. Que as crianças estampassem valores como consciência ambiental, valorização da cultura local e respeito à natureza. Foi assim que nasceu a Cry Baby Store.

As coleções trazem significado e reflexões. Como, por exemplo, a “Conhecer para Preservar”, que mostra os animais presentes na Mata Atlântica e nos pampas do sul do Brasil.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros