Prefeitura lança edital para terceirizar gestão dos pronto-atendimentos da Bom Jesus e da Lomba do Pinheiro - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Saúde16/04/2019 | 21h25Atualizada em 16/04/2019 | 21h25

Prefeitura lança edital para terceirizar gestão dos pronto-atendimentos da Bom Jesus e da Lomba do Pinheiro

Repasse da operação tem duração de cinco anos, com custo entre R$ 2,7 milhões e 3,8 milhões

Prefeitura lança edital para terceirizar gestão dos pronto-atendimentos da Bom Jesus e da Lomba do Pinheiro Joel Vargas / PMPA/PMPA
Marchezan garantiu que novo modelo vai melhorar o atendimento à população Foto: Joel Vargas / PMPA / PMPA
GaúchaZH
GaúchaZH

A prefeitura de Porto Alegre lançou, nesta terça-feira (16), o edital que vai selecionar uma organização privada para assumir a gestão e operação dos pronto-atendimentos (PAs) dos bairros Lomba do Pinheiro e Bom Jesus. O chamamento foi publicado no Diário Oficial.

A terceirização tem duração de cinco anos, com custo entre R$ 2,7 milhões e R$ 3,8 milhões por mês para o município. Atualmente, conforme a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), o gasto com as unidades é de R$ 4 milhões mensais.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

O documento prevê o aumento do número de leitos de observação de 25 para 44 e o incremento de 5 mil atendimentos por mês em cada posto de saúde. Também serão feitas melhorias nas áreas físicas, para a transformações dos PAs em Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs), o que permitira o recebimento de até R$ 500 mil por unidade em verbas federais.  

— Vamos entregar o que há de melhor na saúde de maneira pública e gratuita. Não há como ser contra um projeto que melhora o atendimento à população e amplia o volume de entregas com um custo semelhante ou menor para a gestão municipal — disse o prefeito Nelson Marchezan Júnior.

Conforme a prefeitura, as estruturas possuem atualmente 199 profissionais, que poderão ser remanejados para as demais unidades da rede de urgência e emergência do município, como o Hospital de Pronto Socorro (HPS), Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas e Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul (Pacs).

Leia também
Tempo médio de espera por próteses dentárias via SUS na Capital é de 424 dias
Porto Alegre já registra mais de 60 casos de dengue em 2019
Comunidade da Vila Timbaúva luta por novo posto de saúde

A abertura dos envelopes do chamamento público está prevista para o dia 17 de junho e a organização social selecionada deve assumir a gestão dos PAs no início do segundo semestre deste ano.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros