Com hérnia abdominal, morador de São Leopoldo aguarda há oito meses por cirurgia - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Seu Problema é Nosso20/06/2019 | 08h00Atualizada em 20/06/2019 | 08h00

Com hérnia abdominal, morador de São Leopoldo aguarda há oito meses por cirurgia

Durante um assalto, Charles levou uma facada e desenvolveu o problema de saúde

Com hérnia abdominal, morador de São Leopoldo aguarda há oito meses por cirurgia Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Em 6 agosto de 2015, o pintor Charles Wilson Maciel, 33 anos, voltava do trabalho de bicicleta, passando pelo bairro Rio do Sinos, em direção à sua casa, no bairro Santos Dumont, em São Leopoldo, quando foi abordado por um assaltante. Além de perder seu meio de transporte, ele foi atingido com uma facada. 

Leia mais
Alagamentos e falta de iluminação complicam circulação em beco de Viamão
Buraco no Jardim Botânico segue aberto após sete meses
Falta de transporte escolar atrapalha rotina de alunos de Gravataí

Após ser tratado no Hospital Centenário, ele voltou para casa. Dias depois, uma hérnia começou a crescer no lado esquerdo do seu abdômen, local onde foi ferido. Desde outubro de 2018, ele aguarda uma cirurgia corretiva. 

— Dói muito. Tenho que tomar (remédio) tarja preta pra conseguir dormir, por causa da dor. Sinto que o músculo está rompido, não voltou ao lugar normalmente. A hérnia é do tamanho de uma laranja — relata o pintor.

Depois de retornar do hospital, ele fez consultas e exames no Centro Médico Capilé, em São Leopoldo, em abril de 2018. Então, foi constatada, segundo conta o leitor, a necessidade da operação. A requisição da cirurgia foi feita em outubro do mesmo ano, para o Centenário. No entanto, até agora, ele não foi chamado para fazer o procedimento.

Trabalho 

Além do sono, o serviço de Charles também é afetado pelas dores causadas pelo inchaço no local onde houve a facada. A atividade dele exige muita movimentação e esforço físico.

— Várias vezes tive que voltar para casa, de tanta dor. Tenho que usar andaime e me mexer muito, então dói demais. É complicado não poder trabalhar direito. Daí, estou tendo que fazer atividades mais leves, agora — conta Charles. 

A hérnia na região abdominal é caracterizada pelo escape de parte do tecido de órgãos após uma abertura ou pelo enfraquecimento de músculos localizados na barriga. O problema também pode ser causado devido a envelhecimento, esforço ou malformação. Segundo os mais recentes dados da Secretaria de Previdência do Ministério da Economia, no período de janeiro a dezembro de 2017, hérnias na região abdominal — como a que afeta Charles — foram responsáveis pelo afastamento de mais de 81 mil pessoas do trabalho, no Brasil.

Reclamações

A demora que aumentava o drama do pintor foi se tornando difícil de suportar. Então, ele conta que procurou a Secretaria de Saúde do município para agilizar o procedimento. No entanto, ele não teve sucesso nas tentativas. A última foi há três meses.

— Já fui duas vezes ver a situação da minha requisição (da cirurgia) na secretaria. Só falam que tem que esperar, esperar e esperar. Até contatei vereadores, e nada — conta o morador.

 Paciente sem previsão de chamamento

 A prefeitura de São Leopoldo informou que Charles fez seu último acompanhamento médico em março, no Centro Médico Capilé. A Secretaria de Saúde do município aguarda emissão da Autorização de Internação Hospitalar (AIH) para marcar a data da cirurgia. Porém, a pasta não citou data para isso. 

A prefeitura afirma, ainda, que as cirurgias eletivas ou não urgentes — como é considerada a do pintor — estão suspensas devido a restrições impostas por falta de repasses do governo estadual ao Hospital Centenário. A informação foi confirmada pelo hospital. 

A Secretaria Estadual de Saúde negou pendências financeiras com o Centenário. Por nota, também informou que não há recursos novos para os hospitais, mas que o governo do Estado já se colocou à disposição para buscar novas verbas federais, em conjunto com gestores da saúde, para o município. 

*Produção: Ásafe Bueno

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros