Depois de mais de um ano de espera, Jorge foi operado - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Seu Problema é Nosso28/06/2019 | 09h45Atualizada em 28/06/2019 | 10h29

Depois de mais de um ano de espera, Jorge foi operado

O morador de Porto Alegre, com 67 anos, sofrida com as dores causadas pelos três cálculos que obstruem sua vesícula biliar. Após matéria no Diário Gaúcho, a operação foi finalmente realizada 

Depois de mais de um ano de espera, Jorge foi operado André Ávila/Agencia RBS
Vida nova a partir de agora Foto: André Ávila / Agencia RBS

– Agora estou tranquilo. Posso relaxar. 

Leia mais
Espera sem fim: atrasos em pedidos de aposentadoria pelo INSS atingem 73 mil gaúchos
Depois de quase cinco anos, esgoto ainda vaza na Rua das Araras, em Alvorada
Transporte escolar paralisado preocupa família, em Canoas   

Assim se sente o representante comercial aposentado Jorge Augusto dos Passos, 67 anos, de Porto Alegre, depois de realizar o seu maior desejo: ser operado. Com cálculos obstrutivos na vesícula biliar — pequeno órgão que compõe o sistema digestório, cuja função é armazenar e controlar a liberação de bile —, o idoso aguardava há mais de um ano pela chamada para realização de cirurgia na Santa Casa de Misericórdia. 

Em 4 de junho de 2019, a história de Jorge foi contada pelo Diário Gaúcho

Conforme prometido pela Santa Casa, no dia 3 de junho, ele foi chamado para internação, a fim de fazer exames de atualização do diagnóstico. Na época, a realização de cirurgia era considerada eletiva. Segundo o hospital, são priorizados os quadros clínicos classificados como urgentes. 

Inflamação 

Contudo, nos testes de ressonância de abdômen superior e colangio de ressonância, foi identificado que a vesícula do idoso estava inflamada, sendo constatada a necessidade de intervenção assim que houvesse leito. 

Entretanto, segundo a assessoria de imprensa, após consulta com um cardiologista, uma pequena alteração foi encontrada no paciente. Por isso, a operação foi realizada apenas em 19 de junho. Dois dias depois, Jorge foi liberado para voltar pra casa, onde se recupera do procedimento. 

—  Estou me recuperando bem e não sinto mais dores. É um alívio — conta. 

 Após mais de um ano de espera, Jorge Agusto dos Passos, 67 anos,    realizou a cirurgia para retirada de cálculos no canal biliar em 19 de junho. O caso do idoso foi matéria no DG no dia 4 de junho.
Mostrando os pontosFoto: André Ávila / Agencia RBS

Finalmente, as dores que acometiam o aposentado, a ponto de impedi- lo de seguir a vida normalmente, deram lugar à tranquilidade. Operado, ele não vê a hora de aproveitar: 

— Estou muito feliz. Quando estiver bem recuperado, quero visitar meu filho, em Santa Catarina, e passear bastante. 

Sobre o atendimento na Santa Casa, o idoso se mostra satisfeito: 

— Foi nota dez! Agradeço muito à toda a equipe do hospital. 

“Sou amigo do Diário Gaúcho” 

Quando, em 20 de maio, Jorge leu no jornal a história da dona de casa Marcia Vastuk Malheiros, 59 anos, de Cidreira, decidiu que também procuraria o DG. Marcia, que aguardava por uma cintilografia do miocárdio havia 730 dias, foi chamada para fazer o exame após a publicação da matéria. 

— Vi que, por meio do jornal, ela conseguiu. Então, resolvi entrar em contato para contar o meu problema, pois compro o jornal e coleciono os brindes desde que o Diário começou. Hoje, dou graças a Deus por vocês terem entrado no meu caminho — agradece, e emenda: 

— Lá no hospital, mostrava para todo mundo a minha reportagem. Costumo dizer que sou amigo do Diário Gaúcho. Cuidado comigo! — brinca ele. 

Produção: Camila Bengo

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros