Moradores se unem para limpar bairro e criam praça com brinquedos feitos com pneus em Cachoeirinha - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Jardim do Bosque10/06/2019 | 07h00Atualizada em 10/06/2019 | 07h00

Moradores se unem para limpar bairro e criam praça com brinquedos feitos com pneus em Cachoeirinha

Além dos pneus, outros materiais são reutilizados, como a madeira, para fazer bancos

Moradores se unem para limpar bairro e criam praça com brinquedos feitos com pneus em Cachoeirinha Robinson Estrásulas/Agencia RBS
Associação de moradores já tem cerca de 150 participantes Foto: Robinson Estrásulas / Agencia RBS

Um incômodo no caminho dos moradores do bairro Jardim do Bosque, em Cachoeirinha, virou motivação. Indignados com os diversos pontos de descarte irregular de lixo que se espalhavam pela comunidade, resolveram se unir e, por conta própria, fazer o trabalho de limpeza em canteiros e terrenos baldios.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

E foram além. Para evitar que, após os mutirões de limpeza, os locais voltassem a ser alvo de despejo de lixo, os membros da comunidade ocuparam os espaços. A ideia foi usar parte do lixo resgatado, – pneus velhos, principalmente – para demarcar as ruas e inibir que o lixo seja depositado. Entretanto, um ponto recebeu mais atenção. 

A travessa entre as ruas Goiabeira e Primavera foi transformada em uma praça. A conversão, feita com autorização da prefeitura, serviu para batizar o local com o nome da associação. Hoje, quem chega à praça Amojab (Associação União de Moradores do Jardim do Bosque), que antes era quase um lixão, se depara com um recado de boas vindas e a mensagem “tragam muitos sorrisos, deixe apenas saudades”.

A movimentação no bairro começou há cerca de três anos. A associação foi criada quase um ano depois. Um dos responsáveis foi o comerciante Uilson Droppa, 35 anos. Ele conta que o grupo ainda quer construir uma sede para a associação. 

– Temos cerca de 150 moradores associados. Com ajuda da prefeitura e até da Brigada Militar conseguimos manter o lugar limpo e seguro. Temos grupos de moradores no WhatsApp, onde sempre debatemos as necessidades do bairro e o que a associação pode fazer diante disso – conta Uilson.

 CACHOEIRINHA, RS, BRASIL 09/06/2019 - Moradores do Jardim do Bosque, em Cachoeirinha, criaram e mantem uma praça no bairro - Uilson Droppa - líder comunitário. (FOTO: ROBINSON ESTRÁSULAS/AGÊNCIA RBS)
Uilson mostra um dos brinquedos feitos com pneus, que são sucesso entre as criançasFoto: Robinson Estrásulas / Agencia RBS

Reciclagem

Além de brinquedos comuns, como escorregador e balanço, a praça conta com pontos de entretenimento construídos a partir de pneus velhos. Pula-pula, cavalinho e até um jacaré foram moldados com o material. Os bancos da praça também foram feitos com madeira usada de janelas e pallets, por exemplo. 

O acréscimo destes equipamentos na praça é resultado de um esforço conjunto de moradores como o líder de operações Tiago Novak, 32 anos, responsável pela montagem dos assentos, e do empresário Artêmio Polidoro, 45 anos, que doa tintas para pintura dos acessórios.

Leia também
Conheça a Encruzilhada do Samba, esquina que virou ponto de encontro de foliões no Partenon
Escola de Viamão precisa de votos para ganhar R$ 30 mil e produzir documentário
Moradora de Alvorada arrecada e vende recicláveis para pagar castração de animais de rua

– O Uilson brinca que eu sou o marceneiro do grupo, mas é que sempre tive curiosidade de pesquisar como construir essas coisas. Assim, aprendi a fazer os bancos aqui da praça – conta Tiago.

Local virou ponto de encontro

Nos domingos, já virou tradição do bairro as famílias se deslocarem até a praça para aproveitar o sol, tomar chimarrão e ver as crianças brincando. Quem usa o espaço, aprova a ideia. O professor Adriano Pieres, 43 anos, e sua esposa, a técnica de enfermagem Izabete de Oliveira Ramos, 33 anos, costumam frequentar toda a semana. A pequena Luiza Ramos, filha de Izabete, aproveita os brinquedos. Adriano, que também é associado da Amojab, ressalta a importância do local:

– Antes, o único espaço de lazer era o parque Tancredo Neves, que virou área de proteção ambiental. Depois, só o Parcão de Cachoeirinha, que é distante.  

 CACHOEIRINHA, RS, BRASIL 09/06/2019 - Moradores do Jardim do Bosque, em Cachoeirinha, criaram e mantem uma praça no bairro - Adriano Pieres, Izabette de Oliveira Ramos e Luiza Ramos. (FOTO: ROBINSON ESTRÁSULAS/AGÊNCIA RBS)
Izabette, Adriano e a pequena Luiza curtem a praçaFoto: Robinson Estrásulas / Agencia RBS

Na manhã de domingo (9), a dona de casa Ana Silva, 31 anos, levou as filhas Claudiana, nove anos, e Dionara, 14 anos, ao local pela primeira vez. Enquanto as filhas se divertiam e ela tomava um chimarrão, Ana apontava as vantagens da associação.

– Participo dos grupos de moradores e vejo a importância dessa união. Também já sugeri que se espalhe ainda mais, chegando a todo o bairro. Quanto mais moradores se associarem, melhor – diz a dona de casa.

Envolvimento

Morador da Jardim do Bosque e um dos cuidadores da praça, o comerciário Jorge Sousa Alves, 53 anos, já é envolvido com causas de preservação dos espaços em comunidades há algum tempo. Em dezembro de 2014, o DG mostrou sua relação com um terreno no bairro Vila City em que ele foi o responsável pela limpeza:

– Depois que me mudei de lá aqui para o Bosque, quis encontrar uma iniciativa parecida e achei o Uilson. Esse trabalho é muito importante.

Saiba mais

/// Para os moradores do Jardim do Bosque que quiserem fazer parte da Amojab, é possível se associar. Contato pelo (51) 98408-1490.

/// Doações de materiais para a praça ou brinquedos e alimentos para as festas são aceitas.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros