Em Viamão, esgoto vaza ao lado de fonte de água limpa - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Seu Problema é Nosso12/09/2019 | 10h30Atualizada em 12/09/2019 | 10h30

Em Viamão, esgoto vaza ao lado de fonte de água limpa

Moradores da região buscam providências da prefeitura há mais de um ano

Em Viamão, esgoto vaza ao lado de fonte de água limpa Joel Carvalho/Arquivo Pessoal
Fonte de água está na rota da sujeira Foto: Joel Carvalho / Arquivo Pessoal

— É desumano — desabafa o comerciante Joel Carvalho Pereira, 51 anos, sobre um esgoto que corre a céu aberto pelas ruas Bororós e Charrua, no bairro Parque Índio Jari, em Viamão

LEIA MAIS
Contêineres de lixo ficam sem recolhimento em Cachoeirinha
Moradora de Canoas sofre com falta de medicamento
Após ter casa destruída por vendaval, família de Porto Alegre precisa de apoio para a reconstrução

Segundo Joel, o problema ocorre porque a caixa cloacal da rua está entupida. Sem manutenção, explica ele, os resíduos acabam extravasando por toda a extensão da via. 

Há mais de um ano, os moradores da região estão em busca de uma resposta da prefeitura diante da questão. Segundo o comerciante, além dele, outras duas pessoas já protocolaram reclamações pedindo pelo serviço de hidrojateamento. O procedimento utiliza uma mangueira com alta pressão de água para eliminar obstruções dentro dos canos de esgoto. 

Água 

De acordo com o morador, o primeiro pedido foi protocolado do dia 18 de janeiro de 2018. Depois disso, outras duas solicitações também foram abertas, mas, até agora, não receberam um retorno. 

Segundo Joel,  esgoto correndo a céu aberto é algo comum no bairro. Porém, o agravante deste caso é que os resíduos de dejetos correm junto a uma bica d’água, do outro lado da rua, amplamente utilizada pelos moradores da região. De acordo com Joel, os alunos da Escola Municipal Velneri Antunes, na Rua Charrua, passam por ali e também bebem a água da fonte a caminho da aula. 

Ele ainda comenta que esta é a primeira vez que a prefeitura de Viamão ignora o problema, já que, nas outras vezes, o retorno foi rápido. 

— É um descaso impressionante. Só o fato de ter água ali, que é algo fundamental para a vida, se torna um absurdo — desabafa o morador. 

Prefeitura não se manifesta 

Procurada, a prefeitura de Viamão não se pronunciou sobre o caso. 

Produção: Thayná Souza

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros