Debutantes de Sapucaia do Sul precisam de ajuda para realizar festa - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Seu Problema é Nosso17/10/2019 | 09h08

Debutantes de Sapucaia do Sul precisam de ajuda para realizar festa

Ainda faltam detalhes para a realização do evento, que está marcado para o dia 16 de novembro

Debutantes de Sapucaia do Sul precisam de ajuda para realizar festa Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Grupo participa de projeto que dura seis meses Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Tão sonhado por muitas meninas, o baile de debutantes está próximo de se tornar realidade para 11 garotas de famílias de baixa renda de Sapucaia do Sul. O projeto comunitário é organizado pela presidente da Associação da Mulher Maria Maria, Mirian Raupp, 51 anos, e por seu marido, Rubens Fagundes, 48 anos. Porém, os dois correm contra o tempo para conseguir arrecadar dinheiro e voluntários para a realização do evento, que está marcado para o dia 16 de novembro. 

LEIA MAIS
Paciente precisa de encaminhamento ao especialista para tratamento de doença rara
Falta de insumos em hospital da Capital impossibilita realização de exame
Grupo de alunos da Capital promove campanha para reconstrução de laboratório de informática 

O casal organiza bailes comunitários desde 2014, contando com a colaboração de parceiros. Além da festa, o projeto contempla atividades como cursos e palestras sobre modelagem e maquiagem, elaboração de currículo, como se comportar em uma entrevista de emprego e etiqueta, entre outros. A duração chega a seis meses, desde a inscrição das aniversariantes até o dia do evento. 

Segundo Mirian, o conteúdo das aulas depende das parcerias que conseguem, pois os professores e palestrantes são todos voluntários. 

— O projeto não está apenas nos dando uma festa. Com todas essas palestras e cursos, está nos disponibilizando um aprendizado que vamos levar para a vida toda — conta a debutante Polianna Bernardes Vargas, de Gravataí. 

Todas as decisões referentes à festa são tomadas em reuniões mensais, realizadas com os organizadores, as jovens e seus pais. 

Sonho 

A história de Mirian com as festas de debutantes começou como um sonho, uma vez que ela trabalhava na produção desse tipo de celebração, mas queria proporcionar essa vivência para quem não tinha condições de arcar com todas as despesas. Porém, nunca havia conseguido apoio sufi ciente para realizar os eventos, até 2014. 

Com o incentivo do marido, o primeiro baile ocorreu há cinco anos. Na época, apenas meninas do bairro Colina Verde participaram da celebração. De lá para cá, o casal já realizou seis festas de debutantes. Hoje, com a participação de jovens de toda a cidade, Mirian e Rubens contam também com a presença e os ensinamentos da ex-Miss Brasil Deise Nunes. 

Corrida contra o tempo 

De acordo com Mirian, ainda faltam, para a festa, itens de decoração e os vestidos que serão utilizados pelas meninas. Por isso, a associação corre contra o tempo para levantar o valor necessário. Eventos serão realizados com essa intenção. 

— Há cinco anos, fazíamos o Chá das debutantes, em parceria com o Clube de Mães da cidade. Porém, esse ano tivemos que cancelar por falta de público. Agora estamos nos organizando para a Festa à Fantasia, em parceria com o Clube 7 de Setembro — explica Mirian. 

PARA AJUDAR 

/// Se você puder colaborar de alguma forma para a realização da festa, entre em contato com Mirian pelo telefone ( 51) 99419-8581.

Produção: Thayná Souza 

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros