Saiba quais pontos do Parque da Redenção receberão reformas ainda neste ano - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Aspecto de abandono23/10/2019 | 21h27Atualizada em 24/10/2019 | 11h38

Saiba quais pontos do Parque da Redenção receberão reformas ainda neste ano

Serão investidos cerca de R$ 3,9 milhões em melhorias

Saiba quais pontos do Parque da Redenção receberão reformas ainda neste ano Omar Freitas/Agencia RBS
Entorno do Monumento ao Expedicionário já teve obras iniciadas Foto: Omar Freitas / Agencia RBS

A rotina calma e silenciosa do Parque da Redenção, em Porto Alegre, será substituída, ao menos por 60 dias, pelo movimento de trabalhadores e o característico barulho de obras. O mais emblemático parque da Capital está recebendo reformas que custarão R$ 3,9 milhões.  

As obras começaram na última semana. A maior parte do valor investido, R$ 3,4 milhões, é uma contrapartida da Cyrela Goldsztein pela autorização da prefeitura à construção de um condomínio residencial no bairro Rio Branco. A empresa prometeu fazer a maior parte das melhorias até o Natal. O restante do valor, R$ 465 mil, é do Projeto de Revitalização de Praças e Parques da prefeitura.  

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

Para os frequentadores, os reparos chegam em boa hora, já que é perceptível a falta de manutenção em áreas do parque.  Há críticas sobre a manutenção do espaço, um dos mais conhecidos de Porto Alegre. Durante a Copa América, jornalistas argentinos criticaram a situação do parque. O título da matéria era "Porto Alegre mostra a sua pior cara durante o certame continental". 

Confira quais pontos receberão as reformas
 

- Entorno do Monumento ao Expedicionário: será feita nova pavimentação entre a Fonte Luminosa e o monumento; 

- Colocação de novo saibro rosa em aproximadamente 60 mil metros quadrados de área (perímetro externo e eixo central do parque); 

- Execução de nova academia de ginástica próxima ao Viaduto Imperatriz Dona Leopoldina (Avenida João Pessoa); 

Leia também
Como foi a primeira manhã com faixa exclusiva para ônibus na Independência e na Mostardeiro
Buraco em calçada causa problemas a moradores e comerciantes na Vila Ipiranga

- Reforma e instalação de equipamentos nos playgrounds; 

- Restauro da Fonte Luminosa: reforma nas fiações elétrica e hidráulica, além de elementos antifurto das bombas e aspersores e instalação de refletores de iluminação cênica; 

- Qualificação no espaço Recanto Alpino (área no meio do parque que homenageia a região dos Alpes): pintura das estruturas de ferro, conserto do portão, recuperação do banco em granito, conserto dos pavimentos e projeto paisagístico; 

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL,23/10/2019- Revitalização da Redenção. (FOTOGRAFO: OMAR FREITAS / AGENCIA RBS)Indexador: NGS
Areia aglomerada em meio ao parque servirá para a obraFoto: Omar Freitas / Agencia RBS

- Embarcadouro (antigo Café do Lago): reparos e pintura; 

- Recuperação do prédio do postinho (antiga bilheteria), com serviços de pintura, vidraçaria, troca de revestimentos e pavimentação; 

-  Qualificação dos recantos da Ilha e do Recanto Europeu: limpeza e reparos na pavimentação, pintura dos pergolados e edificações tombadas do parque e plantio de grama; 

- Parque Ramiro Souto (área dos campos de futebol e pista atlética): início previsto para o final de novembro. Consertos que incluem telas, pinturas e demarcações na quadra de vôlei, de futebol de salão, de basquete, na quadra poliesportiva, nos campos de futebol 1 e 2, na academia e no recanto infantil.

O que dizem os frequentadores 

A reportagem foi ao parque nesta quarta-feira (23) e caminhou pelos pontos que serão revitalizados. Chama a atenção o estado do saibro da Redenção: cheio de pontos com alagamentos. Isso faz com que as pessoas que correm tenham que passar pela grama. 

Também é nítida a falta de manutenção dos bancos, sem pintura, dando aparência de abandono. A grama não estava aparada. Perto da região do lago onde ficavam os antigos pedalinhos, há madeiras amontoadas em meio ao gramado.
Além disso, o espelho d'água estava sem água nesta quarta. Segundo a prefeitura, o local receberá reforma junto com a fonte luminosa.  

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL,23/10/2019- Revitalização da Redenção. (FOTOGRAFO: OMAR FREITAS / AGENCIA RBS)Indexador: NGS
Bancos serão pintadosFoto: Omar Freitas / Agencia RBS

A grande parte das lixeiras está estragada. Elas também estão listadas como prioridade pelo município. 

Além disso, a reportagem conversou com alguns frequentadores, que elencaram os pontos mais urgentes. 

O profissional de educação física Luís Claudio Sanzi, 54 anos, caminhava quando conversou com a reportagem. Otimista, diz que as pessoas exageram ao criticar o parque, ao qual ele diz visitar todo dia. 

— É um parque maravilhoso. Tive em outros países e acho esse um dos melhores do mundo. Vejo muitas coisas boas. Mas têm coisas mínimas: quando chove, alguns pontos ficam intransitáveis no saibro. Para mim, seria apenas isso — disse. 

Já a dentista Karen Soto, 43 anos, que jogava bola com o filho pequeno e diz ser frequentadora assídua, reclamou de um ponto que não consta na lista da prefeitura: os bebedouros. Ela disse que já tentou ir em quatro equipamentos diferentes em uma oportunidade e todos estavam estragos. 

— Também tem que manter a grama cortadinha, ter um pouco mais de segurança e melhorar a área do atletismo — apontou. 

Já Naira Borges, 56, que caminhava com o marido, disse que o parque precisa de cuidados e também de melhorias na iluminação, além de pedir a presença de mais guardas. 

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL,23/10/2019- Revitalização da Redenção. (FOTOGRAFO: OMAR FREITAS / AGENCIA RBS)Indexador: NGS
Prefeito e secretários visitaram o parqueFoto: Omar Freitas / Agencia RBS

Questionado sobre a aparência de abandono do parque, o prefeito, Nelson Marchezan, respondeu que foi feito o contrato terceirizado para todos os parques da cidade para melhorar a manutenção: 

— Depois, a ideia é que a gente possa fazer uma parceria público-privada. Seja ela uma adoção, que é mais vulnerável, demora menos e tem menos oportunidade de investimento ao adotante, ou se puder estender ao menos uma parte do parque a uma concessão com investimentos e serviços mais amplos de manutenção, temos certeza que ficará bem melhor — defendeu.  

 Sobre a crítica da rádio Argentina, em resposta, o secretário de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário, tuitou nesta quarta (23) que a reforma é para “argentino nenhum botar defeito”.  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros