Companhia de dança formada por jovens da periferia da Capital estreia seu primeiro espetáculo - Notícias

Versão mobile

 
 

Em busca de oportunidades04/12/2019 | 05h00Atualizada em 04/12/2019 | 09h10

Companhia de dança formada por jovens da periferia da Capital estreia seu primeiro espetáculo

Integrantes são formados pelas Escolas Preparatórias de Dança (EPDs) ¿ que funcionam em cinco escolas municipais

Companhia de dança formada por jovens da periferia da Capital estreia seu primeiro espetáculo Fernando Gomes/Agencia RBS
Bailarinos iniciaram trajetórias em escolas municipais da Capital Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Nascida das escolas públicas de Porto Alegre, a Cia FlashBlack faz sua estreia nesta quarta-feira (4), às 20h, no Teatro Renascença, com o espetáculo Nosso Corpo. Os sete integrantes são dançarinos formados pelas Escolas Preparatórias de Dança (EPDs) – que funcionam em cinco escolas municipais da Capital –, e pela Cia Jovem. O grupo foi criado com o propósito de inserir os jovens negros da periferia no mercado de trabalho da dança. 

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

A apresentação desta quarta exibirá uma coletânea de criações feitas pelos próprios jovens frente aos desafios que enfrentam. Fala de identidade, sonhos, frustrações e desafios. As cenas estarão representadas por meio das danças urbanas, do samba, funk, pop, das danças sociais e do protesto, que se mesclam com a biografias de cada um.

Segundo o diretor do Centro Municipal de Dança, Airton Tomazzoni, atingindo a maioridade e com a conclusão do Ensino Médio, muitos alunos começam a sofrer uma pressão natural pela colocação no mercado de trabalho, o que faz com que o desejo de viver da dança acabe frustrado pela falta de oportunidades. 

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 03/12/2019-  Espetáculo Nosso Corpo estreia nesta quarta-feira no Teatro Renascença. É a primeira apresentação da Cia FlashBlack, coletivo de dança criado por jovens negros da periferia da Capital. Integram o grupo: Jean Ferreira, Iago Poersch, Jéssica Paim, Luiza Karoline Felizardo Rodrigues Araújo, Marielly da Cruz, Rafael Nascimento e Raynner Victor Silva Moreira. Direção artística de  Syl Rodrigues e Nessa Rodrigues. (FOTOGRAFO: FERNANDO GOMES / AGENCIA RBS)
Jovens estão em busca de oportunidades no mercado da dançaFoto: Fernando Gomes / Agencia RBS

— O mercado de dança é bem fechado para os jovens negros da periferia. Essa foi a forma que encontramos de incentivá-los a continuar. Criamos um coletivo e montamos o espetáculo. É o empurrão para que eles comecem a batalhar por novas conquistas — diz ele.

Uma nova chance

Jean Ferreira Carvalho, 19 anos, ingressou na EPD Liberato, que funciona nas dependências da Escola Municipal Dr Liberato Salzano Vieira da Cunha, em 2013. Em outubro foi contratado para ser professor na mesma EPD. Agora, vive a realização de ser um dos protagonistas do espetáculo Nosso Corpo.

Leia também
Grupo de dança da Restinga embarca nesta terça para participar de festival em Joinville
Alunos de escola estadual da Capital criam curtas-metragens e vão simular cerimônia do Oscar
Resultado de oficinas de arte, obras feitas por crianças que vivem em abrigo da FASC vão participar de exposição

— Meu maior objetivo é conseguir passar uma mensagem por meio da dança e mostrar que dança também é trabalho. Essa companhia tem um futuro pela frente e pode chegar muito longe — opinou. 

Da Restinga, Marielly da Cruz, 15 anos, é a mais jovem bailarina do grupo. Começou na EPD Pasqualini há cinco anos e também sonha em viver da dança. 

— O que eu busco é reconhecimento e respeito. E o desejo de que essa companhia consiga ir por todos os lados — afirmou.

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 03/12/2019-  Espetáculo Nosso Corpo estreia nesta quarta-feira no Teatro Renascença. É a primeira apresentação da Cia FlashBlack, coletivo de dança criado por jovens negros da periferia da Capital. Integram o grupo: Jean Ferreira, Iago Poersch, Jéssica Paim, Luiza Karoline Felizardo Rodrigues Araújo, Marielly da Cruz, Rafael Nascimento e Raynner Victor Silva Moreira. Direção artística de  Syl Rodrigues e Nessa Rodrigues. (FOTOGRAFO: FERNANDO GOMES / AGENCIA RBS)
Apresentação será no Renascença, em Porto AlegreFoto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Homenagens

Dirigido por Syl Rodrigues e Nessa Rodrigues, professoras que também começaram a trajetória na dança em projetos sociais, o espetáculo ainda homenageará três artistas negros que foram referência para a cena da dança no Brasil: Iara Deodoro, Rui Moreira e Ted Borges. A partir da primeira apresentação, o coletivo pretende conseguir novas parcerias para seguir dançando. 

Interessados podem entrar em contato pelo e-mail companhiadedancaflashblack@gmail.com, pelo perfil do Instagram @companhiadedancaflashblack e Facebook Companhia de Dança Flashblack.

Espetáculo Nosso Corpo

///  Nesta quarta-feira (4), às 20h, no Teatro Renascença (Avenida Erico Veríssimo, 307)

///  Ingressos na hora R$ 40 e R$ 20 (meia-entrada)

///  Direção Artística: Syl Rodrigues e Nessa Rodrigues

///  Elenco: Jean Ferreira, Iago Poersch, Jéssica Paim, Luiza Karoline Felizardo Rodrigues Araújo, Marielly da Cruz, Rafael Nascimento e Raynner Victor Silva Moreira


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros