No Carnaval 2020, Unidos de Vila Isabel, de Viamão, pede mais respeito com as mulheres - Notícias

Vers?o mobile

 
 

EU SOU DO SAMBA 19/12/2019 | 05h00Atualizada em 19/12/2019 | 05h00

No Carnaval 2020, Unidos de Vila Isabel, de Viamão, pede mais respeito com as mulheres

Agremiação, que completa 40 anos, elabora enredo para enaltecer o sexo feminino

No Carnaval 2020, Unidos de Vila Isabel, de Viamão, pede mais respeito com as mulheres Robinson Estrásulas/Agencia RBS
Dona Yara Rosa é uma das fundadoras da Vila Isabel Foto: Robinson Estrásulas / Agencia RBS
Liliane Pereira
Liliane Pereira

Em várias ocasiões, eu disse aqui que o Carnaval muda a vida de muitas pessoas para melhor. Por meio dos temas-enredos das escolas, a gente aprende muito, e as histórias que são levadas para os desfiles, além de diversão, trazem reflexão.

Leia mais
Conheça a Corte do Carnaval de Porto Alegre 2020
Escola de Guaíba terá intérprete do Salgueiro como voz oficial
Enredo da Império da Zona Norte foi idealizado pela porta-bandeira

Há poucos dias, a Secretaria Estadual da Segurança Pública divulgou dados mostrando que o feminicídio é o único índice de violência que aumentou no Rio Grande do Sul no mês de novembro. Subiu 37%, se comparado ao mesmo período de 2018. O que isso tem a ver com a folia? Tudo!

A Unidos de Vila Isabel, de Viamão, que está completando 40 anos, decidiu fazer um Carnaval para enaltecer as mulheres que fazem parte da construção dessa história e clamar por respeito ao sexo feminino. É claro que o enredo não surgiu em função da estatística que eu citei. 

Mas o impacto que um tema desses tem na vida de quem frequenta a escola é suficiente para influenciar positivamente essas pessoas e, quem sabe, ajudar a mudar esses dados no futuro. Porque tudo começa pelo respeito.

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL 07/02/2016 - Carnaval 2016 -  Unidos de Vila Isabel. (FOTO: LAURO ALVES/AGÊNCIA RBS).
40 anos de tradição no Carnaval Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

A sinopse do tema da escola diz: “no mundo onde os valores femininos são pouco estimados e onde as mulheres ainda sofrem com o silenciamento e a desigualdade, a Unidos de Vila Isabel vem agradecer não só as avós, mães e filhas que carregam o amor à escola, mas, também, fazer um apelo por respeito, amor e paz a todas as mulheres”.

Em um momento como esse, a ligação que uma agremiação tem com a sua comunidade pode ajudar a mudar opiniões e gerar conscientização. Quando uma escola de samba fala que é preciso ter respeito com as mulheres, os componentes que cantam o samba assimilam isso de alguma forma. Principalmente as crianças.

Na Vila Isabel, existe um projeto chamado Isabelando. Além de uma opção de lazer, crianças, jovens e adultos da comunidade aprendem música e dança todos os sábados, durante o dia inteiro. E, obviamente, o samba e o tema da escola são difundidos durante essas aulas.  E muitos vão refletir sobre essa questão.

Conforme a diretoria da escola, essa é uma forma de usar o Carnaval como instrumento de educação e socialização. 

Inspiração nas origens

Uma das diversas inspirações para essa e outras ações da escola está nas suas origens. Dona Yara Rosa é parte dessa raiz. Ela tem 77 anos, é uma das fundadoras da entidade, e foi porta-bandeira lá por mais de 10 anos. 

Conta que a escola já começou assim:

– A primeira bateria da Vila Isabel era formada por crianças da comunidade. Éramos, inicialmente, uma banda carnavalesca. A gente pedia doações para os verdureiros e fazia um sopão. Nas fantasias, não era diferente. Cada mãe que tinha condições de fazer a fantasia para seu filho, comprava um pouco de tecido a mais para fazer a fantasia de outra criança que não tinha condições – conta Yara.

Vocês têm alguma dúvida de que o Carnaval muda vidas? Eu não tenho.

AGENDA

Quinta-feira (19)
- Ensaio-show da Estado Maior da Restinga. Abertura com Pagode do Bronx. Depois, bateria, harmonia e grupo-show. Gratuito até 21h. Após, R$ 5. Mesa R$ 20. Estrada João Antônio da Silveira, 2.355.
- Ensaio-show de Bambas da Orgia, com a escola Filhos de Maria como convidada. A partir das 21h. R$ 10. Rua Voluntários da Pátria, 1.387.

Sexta-feira (20)
-  Gravação do coral para o samba e do clipe da Imperadores do Samba. Na quadra, às 22h. É aberto à comunidade, porém, é preciso ir com a camisa da escola e saber cantar o samba. Avenida Padre Cacique, 1.567.

Domingo (22)
-
 Galeto da harmonia da Vila Isabel com show dos intérpretes do Carnaval Fabio Ananias, Douglas Ananias, Andy Mendonça, Gabriel, Sandrinho Gessé, Everton Radaeski, Bruno Martins, Paulinho da Mocidade e Bruno Martins. R$ 20. O galeto será servido do meio-dia até 15h30min. Após, entrada a R$ 5. Haverá uma grande roda de samba com a harmonia da Vila e convidados, além da apresentação da Império dos Herdeiros. Para finalizar a noite, ensaio-show da Unidos de Vila Isabel. Rua Marcelino Pacheco, 133, Viamão.
-  Muamba e ensaio técnico da Imperadores do Samba no Areal da Baronesa, às 18h, com a escola completa. Gratuito. A concentração é na Rua Luiz Guaranha, e o percurso da muamba é até o Boteco do Caninha. A rua estará fechada das 17h às 20h.
- Festa de nove anos do Padedê do Samba e Chá das Estandartes. Às 15h, na quadra dos Bambas da Orgia (Rua Voluntários da Pátria, 1.387). R$ 15.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros