Como será a infraestrutura do Porto Seco para o Carnaval 2020 - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Festejos de 202018/01/2020 | 05h00

Como será a infraestrutura do Porto Seco para o Carnaval 2020

Depois de desfiles singelos em 2019, organizados pelas próprias escolas de samba, evento deste ano será maior. Promessa é que condições se assemelhem aos melhores anos do Porto Seco

Como será a infraestrutura do Porto Seco para o Carnaval 2020 Fernando gomes/Agencia RBS
Atualmente, local não recebe manutenção periódica Foto: Fernando gomes / Agencia RBS

Se em 2019 o Carnaval de Porto Alegre levou a resistência como seu mantra na Avenida, neste ano, será a vez da busca pela redenção. Depois de dois anos de incerteza, 2020 promete uma retomada, principalmente, no que se trata da infraestrutura do evento. 

Leia mais
Saiba como será a participação do Grupo Bronze no desfile oficial do Porto Seco
Escola fundada em 2019 vai estrear na Avenida em 2020
Escola de Guaíba que desfila na Capital terá intérprete do Salgueiro como voz oficial 

E as tratativas para que isso aconteça começaram ainda no meio do ano passado, quando as entidades carnavalescas assinaram contrato com uma produtora que ficará responsável por toda a montagem, venda de ingressos e captação de possíveis parceiros para o evento. 

A empresa contratada é conhecida no meio carnavalesco do Rio Grande do Sul. Com origem em Pelotas, no sul do Estado, a Bah! Entretenimento já faz parte dos carnavais de Uruguaiana, Cruz Alta e de sua cidade natal. 

Apesar de organizar um dos festejos mais tradicionais do RS, em Uruguaiana, a empresa está ansiosa para colocar seu trabalho em prática na Capital. Richard Amaral é um dos sócios e compartilhou com a reportagem suas expectativas para o Carnaval de Porto Alegre:

— Cada cidade tem um público para o Carnaval. E em Porto Alegre também é assim. Por isso, aprendemos em cada lugar que chegamos e estamos ansiosos por aprender com o pessoal daqui. 

O profissional explica que o modelo de gestão do evento que a produtora está aplicando em Porto Alegre é o mesmo usado em outros carnavais Rio Grande afora. Richard ressalta que este é um padrão que vem se popularizando e deve se espalhar até para grandes polos do Carnaval brasileiro, como Rio de Janeiro e São Paulo.

— As escolas e o município nos contratam para fazer o trabalho de bastidor, deixar tudo funcionando. Assim, eles podem focar em suas áreas, principalmente, as escolas de samba, que ficam somente com a parte de montar os desfiles — pontua ele.

Questionado sobre sua fala relacionada a parceria entre municípios e produtora, Richard diz que não foi diferente em Porto Alegre. A afirmativa, num primeiro momento, causa estranheza, pois a prefeitura deixou de apoiar o Carnaval com repasses de dinheiro público em 2017. 

Porém, o empresário garante que o auxílio do poder público será o mesmo do ano passado, focado em prestação dos serviços de limpeza e iluminação do Porto Seco, além da presença de agentes públicos no dia do evento, como Brigada Militar, Guarda Municipal, Samu, Corpo de Bombeiros e unidade móvel da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Setor popular deve ter ingressos mais baratos

 PORTO ALEGRE-RS- BRASIL- 16/01/2020 Sambódromo de Porto Alegre.  FOTO FERNANDO GOMES/ DIÁRIO GAÚCHO.
Entorno da avenida receberá novamente camarotes e arquibancadasFoto: Fernando gomes / Agencia RBS

A grande diferença desta festa para a apresentada no ano passado — feita por organização das próprias escolas —, estará mesmo na estrutura do evento. Segundo Richard, o Porto Seco terá capacidade para receber até 10 mil pessoas em cada dia de apresentação. A divisão será feita em duas arquibancadas que, juntas, têm capacidade para cinco mil pessoas — uma estará na cabaceira e outra no final da pista. 

Os demais espectadores estarão divididos entres as frisas — espaços cercados com mesas e cadeiras, cobertos ou não, que comportam até 10 pessoas — e os camarotes — espaços cobertos, elevados à 1.20m do chão, com mesas, cadeiras, serviços adicionais e até 10 vagas. Os camarotes terão duas modalidades: VIP e Premium. Nesta segunda modalidade, haverá apresentações de artistas nos intervalos dos desfiles.

— A estrutura volta a ser como em anos anteriores, com padrão elevado de qualidade — garante o sócio da Bah!.

Leia mais
Liliane Pereira apresenta a Corte do Carnaval de Porto Alegre 2020
Imperatriz Dona Leopoldina terá dupla de intérpretes no Carnaval 2020
Enredo da Império da Zona Norte para 2020 foi idealizado pela porta-bandeira

O Porto Seco ainda terá um setor popular, pedido especial das agremiações para a organizadora da festa. Neste local, com ingressos mais baratos — os preços ainda não foram divulgados —, os espectadores poderão ficam de pé ou trazer cadeiras de casa para acompanhar os desfiles. Mesmo faltando pouco menos de dois meses para o início da festa, 80% dos ingressos já foram vendidos — até o momento, apenas camarotes e frisas estão com a vendas abertas.

Em breve, serão anunciadas as vendas para arquibancada e o setor popular. Durante os dois dias de festejos, o Porto Seco ainda terá praça de alimentação, estacionamento e linha especiais de ônibus atendendo a região.

Como comprar ingressos

/// As vendas pela internet ocorrem pelo site Minha Entrada.
/// As entradas também são vendidas na sede da Uespa, na Avenida Ipiranga, 311, bairro Praia de Belas.
/// No local, o atendimento é todas as quintas e sextas-feiras, das 13h30min às 18h30min.

Confira a ordem dos desfiles

Sexta-feira, 6/3/2020
/// Império dos Herdeiros (Bronze)
/// Filhos de Maria (Bronze)
/// Protegidos da Princesa Isabel (Bronze)
/// Mocidade Independente da Lomba do Pinheiro (Bronze)
/// Academia de Samba Puro (Prata)
/// Fidalgos e Aristocratas (Prata)
/// Copacabana (Prata)
/// Realeza (Prata)
/// Acadêmicos de Gravataí (Ouro)
/// Império da Zona Norte (Ouro)
/// União da Vila do IAPI (Ouro)
/// Império do Sol (Ouro)

Sábado, 7/3/2020
/// Universidade do Samba (Bronze)
/// Cohab Santa Rita (Bronze)
/// Unidos do Guajuviras (Bronze)
/// Acadêmicos da Orgia (Bronze)
/// Tribo Carnavalesca Os Comanches (Convidada)
/// Unidos da Vila Mapa (Prata)
/// Unidos de Vila Isabel (Prata)
/// União da Tinga (Prata)
/// Academia de Samba Praiana (Prata)
/// Imperatriz Dona Leopoldina (Ouro)
/// Imperadores do Samba (Ouro)
/// Estado Maior da Restinga (Ouro)
/// Bambas da Orgia (Ouro)

*Os horários de cada desfile ainda não foram divulgados.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros