Cachoeirinha: praça deteriorada é reclamação de moradores - Notícias

Versão mobile

 
 

Seu Problema é Nosso24/03/2020 | 14h49Atualizada em 24/03/2020 | 14h49

Cachoeirinha: praça deteriorada é reclamação de moradores

Mesmo antes de pandemia do coronavírus, local não era utilizado em função das condições ruins

Cachoeirinha: praça deteriorada é reclamação de moradores Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Brinquedos estão em más condições Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

As pracinhas infantis, geralmente, são lugares onde há muita alegria e diversão, tanto para criançada, que fica feliz da vida com os brinquedos, quanto para os pais, que conseguem entreter seus filhos de maneira saudável. 

Na praça Moradas do Bosque, no bairro de mesmo nome, em Cachoeirinha, não era diferente. O lugar, entre as ruas Manoel Cândido da Rosa e José Amaro, costumava ser bastante utilizado pelos moradores da região, já que é a única praça do bairro. Entretanto, mesmo antes dos decretos municipais que vetam aglomerações em locais públicos devido à pandemia de covid-19, a pracinha já não estava sendo utilizada pela gurizada.

LEIA MAIS  
Viamão: rua esburacada dificulta circulação  
Morro Agudo: localidade da zona sul de Porto Alegre sofre com falta de abastecimento
Em Canoas, menina de oito anos junta latinhas para ajudar cães abandonados

Os brinquedos, expostos às condições climáticas diariamente, começaram a se deteriorar e apresentar riscos aos pequenos.

– Eu levava minha neta para brincar, mas agora eu preciso ir em uma praça de um outro bairro, pois tenho medo dela acabar se machucando. Os brinquedos daqui estão caindo aos pedaços – contou a técnica de enfermagem Célia Cristina Consul Ramos, 52 anos, antes do decreto de calamidade pública.

Seu Problema é Nosso, spn, Moradas do Bosque, praça, pracinha, cachoeirinha, abandono, manutenção
Abandono da estrutura incomoda quem ali viveFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Desde o ano passado, ela tentava entrar em contato com a prefeitura de Cachoeirinha solicitando a revitalização da praça. Porém, até agora, não obteve nenhuma resposta.

Academia

Em agosto do ano passado, a gestão municipal instalou aparelhos de academia ao ar livre, para uso público da vizinhança. De acordo com Célia, nessa época, os brinquedos já estavam dando os primeiros sinais de que precisavam de manutenção. Com a instalação nos novos equipamentos, a técnica em enfermagem pensou que seria feita uma revitalização completa no local. Contudo, isso não aconteceu.

Ainda segundo ela, as crianças, que costumavam frequentar a praça, perceberam que os brinquedos estavam velhos. Como a academia estava recém instalada, começaram a brincar nos aparelhos de ginástica. 

– É chato vê-los nos equipamentos, e não onde deveriam estar – desabafou Célia.

Mato

Outra moradora do bairro, que preferiu não se identificar, diz que a situação dos brinquedos não é o único transtorno que a praça traz para a vizinhança. Ela, que mora quase em frente ao local em questão, diz que o mato alto e a quantidade de insetos que o matagal atrai também incomodam:

– Eu fico apavorada com os mosquitos que vêm para a nossa casa. Já pedimos várias vezes para a prefeitura vir aqui. A sensação que tenho é de que estamos esquecidos pela gestão, não existimos mais para eles.

A prioridade da prefeitura é o novo vírus

Questionada sobre a revitalização necessária da praça Moradas do Bosque, a prefeitura de Cachoeirinha informou que, no momento, não poderia dar um retorno quanto a isso, pois a prioridade da gestão municipal agora é tomar medidas e elaborar estratégias para proteger sua população do novo coronavírus.

Produção: Thayná Souza

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso  



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros