Ação para prevenir o vírus e a fome - Notícias

Versão mobile

 
 

Seu Problema é Nosso04/05/2020 | 06h00Atualizada em 04/05/2020 | 06h00

Ação para prevenir o vírus e a fome

Centro Social Marista Santa Isabel (Cemasi) atende diversas famílias na Vila Safira, zona norte de Porto Alegre

Ação para prevenir o vírus e a fome Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Voluntárias organizam kits para entrega Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Passar pela pandemia da covid-19 tem sido ainda mais difícil para quem vive na periferia e, sobretudo, para aqueles que dependem do trabalho informal para sobreviver. Apesar de o enfrentamento à doença ser um obstáculo comum a todos, muitas dessas pessoas deparam-se, também, com outro desafio neste período: o de saber o que colocar no prato a cada dia. 

Mas, na Vila Safira, localizada no bairro Mario Quintana, zona norte de Porto Alegre, uma iniciativa do Centro Social Marista Santa Isabel (Cemasi) – instituição que oferece atividades extracurriculares e cursos profissionalizantes na região – tem ajudado quem precisa a superar esse enfrentamento.

LEIA MAIS   
Vila Safira ganhou uma praça após apelo de morador ao DG
Em Charqueadas, solidariedade toma a forma de colchas de retalhos
Iniciativa em São Leopoldo combate a fome de comida e de afeto 

Para aqueles que estão vinculados às atividades da instituição, foram fornecidas cestas básicas contendo alimentos e produtos de higiene e limpeza. E, semanalmente, cerca de 400 pães caseiros têm sido distribuídos para famílias em situação de vulnerabilidade social da comunidade, além de kits de prevenção compostos por sabão, máscaras e folheto informativo. 

Distribuição

De acordo com a coordenadora do Cemasi, Carla Oliveira Silveira, 42 anos, a região atendida pelo Centro já enfrenta extrema necessidade mesmo em períodos normais. A iniciativa, então, é uma forma de amenizar as dificuldades de quem vive na comunidade, que já existiam, mas foram agravadas neste momento.

– Se as pessoas não se alimentarem, a imunidade vai baixar e a entrada do vírus será facilitada. E, se já está faltando o básico, que é a alimentação, imagine máscaras e produtos de higiene. Não podíamos ficar indiferentes a essa situação – explica a coordenadora, que tem acompanhado de perto a entrega dos itens. 

A distribuição dos pães e kits de prevenção é feita duas vezes na semana, sempre nas terças e sextas, das 14h às 16h, na sede do Cemasi (Rua Moçambique, 420, bairro Mario Quintana). Tanto os pães quanto o sabão e as máscaras são feitos por colaboradores do Centro e podem ser retirados por qualquer pessoa, nos dias destinados à entrega. Já as cestas básicas estão sendo repassadas somente àqueles que possuem vínculo com a instituição, devido ao estoque ser menor. 

Famílias: malabarismo com as refeições

Com a suspensão das atividades, os atendidos pelo Cemasi também deixaram de ter acesso às refeições que eram ofertadas no local. A diferença foi sentida pela autônoma Ana Glória Santos, 32 anos, cujos três filhos frequentam o Centro – onde realizavam três refeições diárias. Sem poder trabalhar e aguardando a liberação do auxílio emergencial, o único dinheiro que entra na casa onde vive com outras nove pessoas vem da aposentadoria da mãe, no valor de um salário mínimo (R$ 1.045).

– Agora, almoço a gente está procurando não fazer. Fazemos só a janta, para não dormir de barriga vazia – relata Ana, que diz estar sobrevivendo graças as doações.

 PORTO ALEGRE,RS,BRASIL.2020,04,30.Ações do Centro Social Marista na Vila Safira O Centro está distribuindo semanalmente pães e kits de higiene com sabão e máscaras para a comunidade da Vila Safira, no Mário Quintana. Essa semana, também estão distribuindo cestas básicas. Essa é a ação que iremos acompanhar.Na foto.Cleomar Oliveira.(RONALDO BERANARDI/AGENCIA RBS).
Gesseiro Cleomar ficou gratoFoto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Na casa do gesseiro Cleomar Oliveira, 35 anos, a situação também não está fácil. Com o início da quarentena, o morador da Vila Safira viu sua fonte de renda ir a zero, devido à paralisação do setor de construção civil. Entre a família, composta por ele, a esposa e os dois filhos, apenas a companheira segue trabalhando, dia sim, dia não, com salário também reduzido. O jeito, então, foi contar com a solidariedade para manter a dispensa abastecida:

– Fico muito grato, pois chegou em boa hora. Vai ser uma ajuda boa. A cesta é bem grande, e já vai garantir umas duas semanas – comemora.

Contar com ajuda para seguir ajudando

De acordo com a coordenadora do Cemasi, todos os itens doados à comunidade são fruto também de doações. Os ingredientes para a produção dos pães e materiais para a confecção das máscaras vêm de vaquinhas feitas entre os próprios funcionários da instituição. Já as cestas básicas foram fornecidas por uma empresa parceira e, depois, repassadas aos moradores da comunidade. 

– O centro social tem que ser uma referência dentro da comunidade. Não só nos melhores momentos, mas principalmente em contextos conturbados como este. Nós somos uma ponte para essas pessoas – explica Ana, afirmando que toda doação, seja individual ou de empresas, é fundamental para que a instituição continue com as ações:

SEU PROBLEMA É NOSSO, CEMASI, PÃES, DOAÇÃO, MARIO QUINTANA, MARISTA
Pães são distribuídos à comunidadeFoto: Arquivo pessoal / Arquivo pessoal

– É importante que nos ajudem para que possamos continuar ajudando. Se recebermos apoio, pelo menos, com os insumos para fabricar os pães, já seria muito importante. Por exemplo, nesse mês conseguimos as cestas para repassar a eles, mas no mês que vem já não sabemos.

Como contribuir

/// Doações de todo o tipo podem ser entregues diretamente no Cemasi, que fica na Rua Moçambique, 420, no bairro Mario Quintana. Para informações, também é possível contatar a instituição pelo telefone (51) 3386-0064.

/// Além do Cemasi, outras instituições sociais da Rede Marista também estão desenvolvendo ações nesse sentido e necessitam de auxílio. Para conhecer os projetos e formas de contribuir, acesse bit.ly/maristascomunidades.

Produção: Camila Bengo

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso   




 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros