Governo do RS adia decisão sobre volta às aulas presenciais - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Distanciamento controlado15/06/2020 | 21h46Atualizada em 15/06/2020 | 21h46

Governo do RS adia decisão sobre volta às aulas presenciais

Mudança de planos deixa mais distante retorno de parte das atividades em 1º de julho

Inicialmente previsto para esta segunda-feira (15), o anúncio sobre a volta das aulas presenciais em escolas gaúchas foi adiado pelo governo do Estado. Durante transmissão ao vivo na tarde desta segunda, o governador Eduardo Leite afirmou que o tema segue em análise e que, se o cenário da covid-19 continuar se agravando, não haverá possibilidade de retorno parcial em 1º de julho, como chegou a ser projetado.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

— Sobre a retomada das aulas presencialmente, ainda estamos analisando. Se começaremos pelo Ensino Médio, pelo Ensino Infantil. Isso está sendo discutido, e inclusive qual será, efetivamente, a data da primeira etapa, que se projetava poderia ser em 1º de julho, (mas) se continuarmos a observar um agravamento da situação que sugira riscos maiores, evidentemente, não vamos arriscar um retorno precipitado das aulas.

Conforme o governador, o anúncio deve ocorrer nos próximos dias, “talvez até o início da próxima semana”.

Leia também
Com início lento, retomada das aulas na rede pública pouco altera rotina dos alunos
Capacitação e revezamento para alunos sem internet: como serão as atividades online na rede pública

Cursos livres mantidos

A partir desta segunda, os cursos livres (idiomas, artes etc.) podem funcionar presencialmente, com restrições. Também podem funcionar presencialmente, a partir desta segunda, as disciplinas presenciais de graduação, pós-graduação e cursos técnicos.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros