Depois de um ano e meio do anúncio, Carris apresenta seus novos ônibus - Notícias

Versão mobile

 
 

Enfim06/08/2020 | 21h04Atualizada em 06/08/2020 | 21h04

Depois de um ano e meio do anúncio, Carris apresenta seus novos ônibus

Os 98 veículos vão substituir os "vovôs" da empresa, que rodavam há quase 15 anos ¿ tempo maior do que a vida útil prevista em lei

Depois de um ano e meio do anúncio, Carris apresenta seus novos ônibus Lauro Alves/Agencia RBS
Carros foram apresentados nesta quinta-feira (6) Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Demorou, mas aconteceu. Um ano e meio depois de anunciar que renovaria uma boa parcela de sua frota, a Carris, enfim, apresentou os 98 ônibus zero quilômetro que passarão a rodar pela cidade, substituindo os famosos “vovôs da Carris” – coletivos que rodavam há quase 15 anos, sendo que o limite de vida útil em Porto Alegre era de 13 anos. Destes, 40 coletivos já começam a rodar a partir desta sexta-feira (7), e os demais ainda passarão pelo processo de emplacamento antes da liberação.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

O evento de chegada dos coletivos foi na Orla Moacyr Scliar, na região central da Capital, na quinta-feira (6). Os ônibus foram enfileirados ao longo de 1,5 quilômetro na Avenida Edvaldo Pereira Paiva, às margens do Guaíba. O prefeito Nelson Marchezan e outras autoridades estiveram presentes na cerimônia, entre estes, a ex-diretora-presidente da Carris, Helen Machado. Considerada a responsável pela grande virada nas contas da Carris nos últimos três anos, Helen deixou a empresa no final do ano passado, quando migrou para a iniciativa privada.

– É a renovação de 30% da frota de ônibus da Carris, a maior da história da companhia. São ônibus modernos, confortáveis e com acessibilidade. O transporte coletivo, de maneira geral, passa por uma situação muito difícil – comentou o prefeito Nelson Marchezan. 

O Diário Gaúcho acompanha o processo de compra dos novos coletivos desde antes mesmo dele começar. No início de fevereiro do ano passado, foi o jornal quem mostrou que a Carris tinha 87 ônibus rodando com a idade acima do permitido pela legislação da cidade. Menos de um mês depois da publicação da reportagem, no final de fevereiro, a empresa pública anunciou que faria a reposição dos ônibus. A época, a reportagem chegou a andar em alguns dos carros que já tinham passado do “prazo de validade” e presenciou situações como bancos soltos, janelas batendo e espaços para cadeirantes com cinto de segurança em falta.

Leia também
Mais de 80 ônibus da Carris são mais velhos do que o permitido pela lei municipal
Calor, barulho e sujeira: a experiência de andar nos "ônibus vencidos" da Carris
Prometidos para fevereiro, ônibus novos da Carris ficam para junho, mas número cresce 

A promessa inicial era que os 87 carros novos chegassem na metade do ano, mas o prazo foi sendo revisto, como o DG mostrou ao longo de 2019, pois a estatal não conseguia obter financiamentos para a compra dos veículos. 

Novo edital

No início deste ano, a licitação venceu – o prazo para compra era de um ano – e o processo precisou ser refeito. O ponto positivo foi o aumento no número de ônibus comprados, de 87 para 98 coletivos. No ano passado, a prefeitura lançou um decreto que aumentava de 12 para 14 anos o limite da vida útil dos coletivos. E neste ano, os 87 vovôs da Carris atingiram este patamar. Ainda assim, os ônibus seguiram rodando por mais tempo do que podiam, já que os coletivos novos só chegaram nesta semana, depois de adiamentos gerados pela burocracia do processo, mas também pelos efeitos da pandemia. 

Investimento de R$ 44 milhões

Os ônibus foram fabricados pela empresa Mascarello e contam com capacidade para 37 passageiros. Os veículos estão equipados com elevador para cadeirantes, ar-condicionado e quatro câmeras de monitoramento interno. O itinerário dos veículos poderá ser conferido em tempo real no aplicativo CittaMobi graças ao sistema de GPS já instalado. 

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 06/08/2020- Novos ônibus da companhia Carris Porto Alegrense. Foto: Lauro Alves / Agencia RBS.
Parte dos ônibus começará a rodar nesta sexta-feira (7). Outros ainda precisarão ser emplacadosFoto: Lauro Alves / Agencia RBS

Segundo a prefeitura, o investimento é de R$ 44 milhões e cerca de 90% foi financiado por um empréstimo com a Caixa Econômica Federal. A mais recente aquisição de ônibus pela Carris havia ocorrido em 2014, quando foram comprados 50 veículos. 

– Tecnologia e conforto é o que a população vai encontrar nesses ônibus. Estamos sempre em busca de qualidade através de um baixo custo de manutenção. A companhia trabalha hoje para conseguir a maior padronização de toda a frota – disse o diretor administrativo-financeiro da companhia, Gustavo Cochlar. 

A Carris é uma sociedade de economia mista com o controle acionário da prefeitura de Porto Alegre. Até então, a empresa pública contava com uma frota de 347 veículos. Desses, 70% têm acessibilidade e 60% são dotados de ar-condicionado. Com o início da operação dos novos ônibus, os índices de acessibilidade e climatização da frota passam a ser de 89% e 81%, respectivamente.  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros