Músico selecionado para estudar nos Estados Unidos pede ajuda para custear viagem - Notícias

Versão mobile

 
 

Esteio31/05/2021 | 10h19Atualizada em 31/05/2021 | 10h39

Músico selecionado para estudar nos Estados Unidos pede ajuda para custear viagem

Wendell ganhou uma bolsa de estudos para cursar mestrado em música nos EUA, mas precisa arrecadar R$ 17 mil para garantir sua ida ao país

Músico selecionado para estudar nos Estados Unidos pede ajuda para custear viagem Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Em 2018, quando estava na graduação, Wendell participou de um intercâmbio de dois meses nos EUA Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

A música chegou cedo na vida de Wendell Rosa, 23 anos. A trajetória do morador de Esteio na área artística que teve início ao observar seu pai tocar guitarra e, hoje, o coloca a poucos passos de ir para os Estados Unidos para dar continuidade aos estudos. O jovem foi selecionado para estudar na Universidade do Mississippi, mas, para chegar lá, precisa arrecadar o valor que lhe garantirá a realização do sonho. 

Com o tempo, passando por estilos musicais como o jazz, o funk e a MPB, Wendell foi se aprimorando. Ao ver o pai dar aulas para um amigo, decidiu também se arriscar nos exercícios. 

LEIAS MAIS
Cinco problemas históricos na Região Metropolitana ainda precisam solução
Microempresário conserta equipamentos hospitalares de graça, em Novo Hamburgo
Projeto faz a troca de máscaras por alimentos que são encaminhados a 300 famílias

– E desde esse dia nunca mais parei de tocar contrabaixo – ele comenta. 

Até os 16 anos, se dedicou aos estudos de música popular. Querendo se especializar, foi à Casa de Cultura de Esteio procurar cursos gratuitos na área, e lá ingressou nas aulas de contrabaixo acústico. 

– Nesse momento, eu passei a conhecer a música clássica. Foi uma experiência maravilhosa. Entrei em outro mundo – completa Wendell. 

Sonho 

Além das aulas na Casa de Cultura, por dois anos Wendell fez parte da escola de música da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, a OSPA, e na sequência ingressou na UFRGS, concluindo a graduação em 2019. Hoje, destaca a importância da educação. 

– As universidades são muito voltadas para quem tem maiores rendas. E essa minha conquista diz que é possível (para quem não está nesta situação). Os estudos com certeza mudaram a minha vida – comenta. 

Durante sua graduação, em 2018, o artista foi para um festival de música em Santa Maria, e lá teve a oportunidade de participar de uma prova para concorrer a uma vaga de intercâmbio na Universidade da Geórgia, nos EUA. Se fosse selecionado, ele passaria dois meses estudando fora do país. E conseguiu. Foi classificado em primeiro lugar no concurso.  

No tempo que esteve nos Estados Unidos, se encantou pela cena musical do país. Foi a viagem que fez nascer nele o sonho de, após a formatura, seguir os estudos naquele país. De volta ao Brasil, já começou a fazer planos. 

Em 2019, Wendell participou de um festival internacional em Santa Catarina. Lá, conheceu o professor Marcos Machado, que deu a ele caminhos para participar do processo de seleção para cursar um mestrado na University of Southern Mississipi, que fica no sul dos Estados Unidos.

Alegria e esperança

Wendell conta que a preparação para a seleção foi desafiadora. Além de estudar o instrumento, precisou estudar inglês. Um professor, amigo de sua família, se voluntariou para dar aulas gratuitas. Wendell recebeu o resultado das provas em  janeiro de 2021, informando que havia sido selecionado.

– Foi gratificante, por toda a dedicação que tive à música. De estudar por horas a fio, botando muita energia, tentando escrever músicas, tocar, viver mesmo. Essa foi uma resposta positiva de que meu trabalho está valendo a pena, está surtindo efeito – declara o músico. 

Ele conta que comemorou, mas, em seguida, veio um novo desafio: a questão financeira. Devido à pandemia, que congelou as atividades do ramo artístico, Wendell ficou sem renda fixa. 

Agora, o estudante precisa arrecadar o valor que irá arcar com parte das despesas que terá nessa nova etapa. Ele precisa juntar 

R$ 17 mil até o dia 19 de junho, data de sua viagem. Para isso, lançou uma vaquinha online pedindo ajuda para conseguir o montante. 

É possível ajudar Wendell através de sua vaquinha ou pela chave Pix (51) 98233-9951.

Produção: Émerson Santos

  Leia mais notícias na seção Seu Problema é Nosso  


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros