Resgate de uma gata presa no forro de uma casa mobiliza moradores e bombeiros em Porto Alegre - Notícias

Versão mobile

 
 

Ação conjunta26/05/2021 | 21h10Atualizada em 26/05/2021 | 21h10

Resgate de uma gata presa no forro de uma casa mobiliza moradores e bombeiros em Porto Alegre

Vizinhos tentavam há dois dias ajudar Preta, que estava em uma residência sem moradores

A estudante Khauany Caroline Franco Escobar, 10 anos, não vai esquecer tão cedo desta quarta-feira (26). Ela estava apreensiva com a situação de Preta, uma gata que ficou presa no forro de uma residência no bairro Intercap, em Porto Alegre, e teve um papel de destaque no resgate.

O caso chamou atenção de moradores do bairro, na zona leste da Capital, e mobilizou Corpo de Bombeiros e até Polícia Civil. Desde segunda-feira (24), os moradores da região ouviam um miado diferente. As crianças eram as mais preocupadas, porque ninguém conhecia o dono da casa onde um gato aparecia em uma abertura na parede. Khauany, que já tem três gatos, viu que algo estava errado.

— A gente ficou procurando e descobrimos onde era. Mas era difícil de tirar dali. Era muito alto — disse. 

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

De tempos em tempos, a silhueta preta da gata era vista em um pequeno espaço na parede do forro por pessoas que estavam na calçada, causando frisson entre crianças e idosos. O local tem entre seis e sete metros de altura, e o felino não se animou a saltar.

Assim, foi a vez de tentar contato com as autoridades. Nesta quarta-feira, o Corpo de Bombeiros foi até o local. A casa onde a gata estava presa foi vendida recentemente, e o novo proprietário não reside nela.

O Corpo de Bombeiros localizou o dono da casa, que, assustado e sem saber o que estava acontecendo, chegou ao local. Ao parar a caminhonete, achou estranho o grande movimento em frente ao seu portão.

— Comprei a residência há pouco. Ela está fechada por enquanto porque precisa de reformas. Mas eu não faço ideia como o gato entrou lá — contou o novo morador.

Gata é resgatada em telhado de casa sem moradores.<!-- NICAID(14793475) -->
Preta era vista em uma pequena abertura no forro da casaFoto: Eduardo Paganella / Agencia RBS

O homem abriu a porta da casa para tentar acesso ao sótão. Enquanto isso, Khauany correu até em casa, pegou uma caixa para transportar animais e um punhado de ração. Voltou correndo e entrou na casa.

O proprietário colocou uma escada para acessar o sótão e ele e Khauany subiram. Segundos depois, os som dos miados cresceu. A menina conseguiu amansar e colocar o gato dentro da caixa. Enfim, são e salvo.

Leia também
Castração dos pets: um ato de cuidado e proteção dos animais
Adoção: conheça animais que buscam construir uma nova história

Após abrir a caixa, já na calçada, Preta não hesitou em fugir e se esquivar de quem tentou agarrá-la. Mas logo depois voltou para comer a farta ração oferecida.

— Ela é muito bonita, mas não vou poder ficar com ela. Mas vou cuidar — disse Khauany.

— A gente nem imaginava. Vim aqui no final de semana, mas ela não estava lá. Que bom que está tudo resolvido — comentou o dono da casa, que conversava com os moradores da região.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros