Procura por vacinas contra covid-19 abaixo do esperado preocupa prefeitura de Porto Alegre - Notícias

Versão mobile

 
 

Entrevista ao "Gaúcha Atualidade"16/06/2021 | 21h37Atualizada em 17/06/2021 | 08h51

Procura por vacinas contra covid-19 abaixo do esperado preocupa prefeitura de Porto Alegre

Diretor da Vigilância em Saúde da Capital, Fernando Ritter afirmou que o município pode não atingir a imunidade coletiva de 70% de vacinados

Procura por vacinas contra covid-19 abaixo do esperado preocupa prefeitura de Porto Alegre Jefferson Botega/Agencia RBS
Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS

O diretor da Vigilância em Saúde de Porto Alegre, Fernando Ritter, afirmou nesta quarta-feira (16) que a prefeitura acompanha com preocupação a vacinação abaixo do esperado em algumas faixas etárias na Capital. A avaliação das autoridades de saúde é que a fila de vacinação está andando mais rápido porque muitas pessoas que já poderiam ter se vacinado estão deixando de ir aos postos.

​​​— Esse movimento (antivacina) é completamente insano. Claro que a pessoa tem o direito de não querer, ninguém é obrigado a se vacinar, mas eu fico preocupado porque aquela imunidade coletiva que a gente busca, de 70%, talvez a gente não atinja — disse Ritter em entrevista ao Gaúcha Atualidade.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

Os grupos que mais preocupam são aqueles abaixo dos 70 anos. O diretor da Vigilância exemplificou que, na faixa dos 57 anos, até 22% dos porto-alegrenses ainda não se imunizaram. Nas faixas de 58 e 59 anos, mais de 10% não foram vacinados.

​— Eu acho que as fake news estão nos engolindo nesse processo — avalia Ritter. — O risco (de trombose) é infinitamente menor do que a pessoa ter o mesmo problema quando contrair o vírus. Uma gestação simples tem o risco aumentado de ter trombose — explica o diretor, usando um dos principais argumentos lembrados por pessoas contrárias à vacina. 

Leia também
RS passa de 30 mil vítimas do coronavírus com avanço da vacinação e rejuvenescimento na idade dos mortos
Cresce ritmo de mortes de crianças por covid-19 no RS, mas Estado ainda mantém menor taxa de óbitos do país

Mais doses da CoronaVac

A prefeitura de Porto Alegre espera receber novos lotes de CoronaVac até sexta-feira (18). Na tarde desta quarta, a Secretaria Estadual da Saúde confirmou a chegada de uma remessa com 113 mil doses do imunizante, ainda sem data definida. Segundo Ritter, toda​​s vão ser direcionadas para a segunda dose. A expectativa é iniciar a aplicação na próxima semana, com possibilidade de antecipação.

​— Eu não tenho dúvida de que na semana que vem nós estaremos vacinando essas pessoas (que estão com a segunda dose atrasada). Quero estar errado e que comece antes. Às vezes pega de manhã (as doses) e de tarde já está vacinando.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros