Primeira manhã de vacinação para adolescentes a partir de 12 anos tem movimento tranquilo em postos de Porto Alegre - Notícias

Versão mobile

 
 

Fim da espera23/09/2021 | 20h53Atualizada em 23/09/2021 | 20h53

Primeira manhã de vacinação para adolescentes a partir de 12 anos tem movimento tranquilo em postos de Porto Alegre

Três das principais unidades de saúde da cidade não registraram filas na maior parte do tempo

Primeira manhã de vacinação para adolescentes a partir de 12 anos tem movimento tranquilo em postos de Porto Alegre Ronaldo Bernardi / Agencia RBS/Agencia RBS
Vacina de Artur Fraga da Silva, 12 anos, foi registrada pela mãe, a advogada Ana Regina Fraga Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS / Agencia RBS

No primeiro dia de vacinação contra a covid-19 liberada para adolescentes a partir de 12 anos em Porto Alegre, o movimento foi tranquilo, ao longo da manhã, em três dos principais postos da cidade.   

A Unidade Básica de Saúde Santa Cecília, na Rua São Manoel, nos fundos do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, no bairro Santa Cecília, teve espera de cerca de 30 minutos na abertura do portão, mas o movimento já era tranquilo a partir das 9h.  

LEIA MAIS
RS decide manter vacinação de adolescentes sem comorbidades

Artur Fraga da Silva, 12 anos, chegou acompanhado da mãe, a advogada Ana Regina Fraga, 40 anos, e da irmã caçula.  

 — Acompanhei com bastante ansiedade e expectativa a espera. Senti um pouco de frustração na semana passada, fiquei com medo de que demorasse mais ainda —comentou Ana Regina, em referência à recomendação de suspensão da vacinação para adolescentes feita pelo Ministério da Saúde no dia 16, revertida na noite desta quarta-feira (22).  

O menino confessou ter um pouco de medo de agulha, mas se mostrou tranquilo na saída: 

— Fiquei sabendo que é uma vacina muito segura.  

No Postão do IAPI, na Zona Norte, não havia filas às 11h. Elinara Vier, 47 anos, funcionária pública, levou a filha Sofia, 13 anos, e três colegas da menina para a tão aguardada primeira dose. O grupo escolheu escapar de uma de Espanhol para tomar logo a vacina. Depois de posarem para fotos a serem postadas no Instagram, retornaram à escola.   

— Estava muito ansiosa. Eles também estavam ansiosos, têm uma consciência de cuidado muito grande — disse Elinara.  

Perto do meio-dia, o Posto Modelo, no bairro Santana, também não tinha pessoas esperando. 

Os adolescentes precisam apresentar documento de idade com CPF ou o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) para receber a vacina. O comprovante de residência não é mais necessário para a imunização em Porto Alegre. A presença dos pais ou responsáveis é recomendada, mas não obrigatória.  

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros