Grupo realiza ação de Natal para mais de 400 pessoas em comunidades de Gravataí e Cachoeirinha - Notícias

Versão mobile

 
 

Seu Problema é Nosso23/12/2021 | 10h41Atualizada em 23/12/2021 | 10h41

Grupo realiza ação de Natal para mais de 400 pessoas em comunidades de Gravataí e Cachoeirinha

Além de presentes para as crianças, as famílias receberam alimentos para realizarem suas ceias natalinas

Grupo realiza ação de Natal para mais de 400 pessoas em comunidades de Gravataí e Cachoeirinha Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Sociedade Espírita Paz e Lu realiza a ação anualmente Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

A solidariedade alegrou o Natal das mais de 400 pessoas que receberam as doações arrecadadas pela Sociedade Espírita Paz e Luz, cuja sede fica no bairro Morada do Vale 1, em Gravataí. No dia 25 de novembro, o Diário Gaúcho divulgou a campanha do grupo, que buscava padrinhos para as cartinhas das crianças atendidas por eles. Não apenas conseguiram todos os presentes como bateram sua meta e puderam ajudar ainda mais pessoas.

Inicialmente, o objetivo era encontrar doadores para as 350 cartinhas que o grupo recolheu das crianças. Porém, no dia 19, quando realizou a ação de Natal, possuía um caminhão com 450 presentes, que foram entregues no bairro Tom Jobim, em Gravataí, e no bairro Canarinho, em Cachoeirinha. 

LEIA MAIS
Descarte irregular de materiais impacta esgoto no Guajuviras
Pessoas com deficiência reclamam de falta de acessibilidade na Trensurb
Gaúchas conseguem viajar e ganham mundial de Jiu-Jitsu

Já é uma tradição da Sociedade realizar esta ação de final de ano. Mas a comerciante Elaine Azambuja Barros, 40 anos, uma das responsáveis pela organização da campanha, explica que, nesta edição, os voluntários conseguiram triplicar a quantidade de doações. Ela fala que, após a publicação da matéria no DG, receberam presentes de muitos lugares. Foram bicicletas, roupas, quimonos e diversos brinquedos. Além disso, arrecadaram 500 kits de doces e 2 toneladas de alimentos, que foram distribuídos para as famílias realizarem suas ceias de Natal. 

– É um sentimento de gratidão a todo mundo que ajudou. Eu olhava aqueles presentes, o caminhão cheio, e só pensava em agradecer, porque realmente foi uma corrente muito grande – celebra Elaine, que dedica a ação à fundadora da Sociedade, Odiles da Silva Brito, que hoje está hospitalizada devido a problemas de saúde.

Oito netos

A família da catadora Adriana da Silva, 50 anos, do bairro Canarinho, em Cachoeirinha, foi uma das beneficiadas pela ação. Seus oito netos receberam presentes do grupo. Ela e o marido trabalham com reciclagem e não tinham condições de comprar o que as crianças pediam. Mas, com as cartinhas, os sonhos de Natal das crianças foram realizados. 

– Como não posso dar tudo para os meus netos, sempre peço a Deus para alguém me ajudar com os presentes. E eu chorei junto, parecia que era eu a criança. Quis até tirar foto com o Papai Noel, porque antigamente a gente não tinha isso – brinca Adriana, feliz pelo que a família recebeu (alimentos para a ceia natalina, brinquedos e roupas).

As crianças foram atendidas, mas Adriana confessa que também tem um sonho: ganhar um conjunto de panelas para ela e uma camisa do Grêmio para dar ao seu marido. Caso alguém possa doar, deve entrar em contato com a recicladora pelo WhatsApp (51) 98038-2712.

Produção: Émerson Santos


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros