Prefeitura de Porto Alegre inicia instalação de caixas d'água no Morro da Cruz - Notícias

Versão mobile

 
 

Região desabastecida18/02/2022 | 22h00Atualizada em 18/02/2022 | 22h00

Prefeitura de Porto Alegre inicia instalação de caixas d'água no Morro da Cruz

De 599 famílias cadastradas, 378 manifestaram interesse em receber os reservatórios

Prefeitura de Porto Alegre inicia instalação de caixas d'água no Morro da Cruz Luciano Lanes / PMPA/PMPA
Eliane de Souza foi a primeira moradora a receber caixa d'água em casa Foto: Luciano Lanes / PMPA / PMPA
GZH
GZH

A prefeitura de Porto Alegre iniciou, nesta sexta-feira (18), a instalação das primeiras quatro caixas d'água para os moradores da região do Morro da Cruz, na zona leste da Capital. Durante a tarde, também ocorreu a distribuição de 27 reservatórios para as famílias que se dispuseram a efetuar a instalação por conta própria. 

Conforme informações divulgadas pela prefeitura nesta sexta-feira, foram coletados dados de 599 famílias e, destas, 378 manifestaram interesse em obter os equipamentos. A distribuição dos reservatórios é uma das medidas do município para a contenção dos problemas de abastecimento nos bairros Partenon, Vila São José, Vila João Pessoa, Coronel Aparício Borges e Santo Antônio, que somam 120 mil habitantes.  

Durante a semana, técnicos da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb), Secretaria Municipal de Habitação e Regularização Fundiária (SMHARF) e Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) vistoriaram as casas para viabilizar a logística das entregas e a instalação dos equipamentos para famílias que não têm condições de executar esse tipo de serviço. 

Leia mais
"Problemas são estruturais e significativos", diz Sindicato dos Engenheiros do RS sobre a falta de água no Morro da Cruz
Falta de água só deverá ser resolvida daqui a três ou quatro anos no Morro da Cruz, diz Melo: "Situação gravíssima"

O planejamento contou com o apoio da Comissão de Abastecimento de Água, liderada pela prefeitura, pela comunidade e por voluntários do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio Grande do Sul (Senge-RS).

A prefeitura adquiriu 400 caixas d'água e o material necessário para a instalação. O Executivo municipal irá prestar suporte àqueles que declararem não ter condições de instalar o reservatório. A ordem de entrega dos equipamentos prioriza pessoas com deficiência e idosos.

— Esse trabalho é um grande desafio, já que cada casa tem características próprias. Nossa equipe de engenharia está empenhada em adaptar soluções para cada situação e para que consigamos resolver o problema. Além dessa ação emergencial, a prefeitura trabalha em medidas a longo prazo. Os moradores também têm colaborado com a boa vontade em receber nossas equipes e aqueles que têm condições estão instalando os equipamentos — diz o secretário municipal de Serviços Urbanos, Marcos Felipi. 

 Eliane de Souza foi a primeira moradora a receber a caixa d'água em casa.  

— Foi uma alegria, só de pensar em não puxar mais água é um alívio. Agora vai melhorar. Vou poder tomar um banho bom e vou poder limpar mais ainda a minha casa — disse a cozinheira.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros