Projeto de lei libera circulação de táxis em corredores de ônibus de Porto Alegre - Notícias

Versão mobile

 
 

Câmara Municipal12/05/2022 | 21h27Atualizada em 12/05/2022 | 21h27

Projeto de lei libera circulação de táxis em corredores de ônibus de Porto Alegre

Iniciativa do vereador Claudio Janta atende demanda dos taxistas e pretende acelerar viagens

Projeto de lei libera circulação de táxis em corredores de ônibus de Porto Alegre Andre Avila / Agencia RBS/Agencia RBS
Atualmente, veículos já podem transitar nas faixas exclusivas Foto: Andre Avila / Agencia RBS / Agencia RBS

Tramita na Câmara de Vereadores desde o mês passado um projeto de lei que autoriza a circulação de táxis com passageiros nos corredores de ônibus de Porto Alegre. A proposta foi apresentada pelo vereador Cláudio Janta (SD), líder do governo no Legislativo. Desde 2019, a prefeitura permite que os táxis transitem nas faixas exclusivas, trechos reservados para o transporte coletivo em horários de pico.

O texto do projeto de Janta libera a circulação dos táxis nos corredores em todos os dias da semana, sem restrições de horários. Por outro lado, veda o embarque e desembarque de passageiros nesses locais. 

De acordo com o autor, trata-se de uma demanda antiga dos taxistas, com o intuito de agilizar as viagens.

Leia mais
Passagem de ônibus não terá reajuste em Porto Alegre e será mantida em R$ 4,80
Aos gritos e de binóculo, fiscal ajuda usuários de ônibus no centro de Porto Alegre
Volta às aulas tem queda de 54% no número de estudantes no transporte público da Capital

— Seria uma opção para o taxista: entrar no corredor ou seguir na pista dele. Quem pega um táxi geralmente está com pressa e quer chegar logo ao destino — explica Janta.

O projeto não menciona os carros de transporte por aplicativo, mas o vereador diz que não é contra a circulação desses veículos nos corredores, desde que estejam adesivados com a logomarca das empresas.

Uma proposta semelhante chegou a ser apresentada em 2017 pelo vereador Mauro Pinheiro (PL). O texto, que previa a permissão para o tráfego em corredores nos horários de pico (7h às 9h e das 18h às 19h30min em dias úteis), não chegou a ser votado em plenário.

Janta disse que pretende conversar a respeito da ideia em reunião com o secretário de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior, nos próximos dias. 

Questionada por GZH, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informou, por meio da assessoria, que ainda não tem posição a respeito do assunto, já que seus técnicos ainda não tiveram acesso ao conteúdo do projeto.

 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros