Pensões, relacionamentos e um macaco de estimação: as polêmicas que cercam a carreira de Latino - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Da festa no apê para os tribunais18/12/2014 | 13h19

Pensões, relacionamentos e um macaco de estimação: as polêmicas que cercam a carreira de Latino

Cantor pode ser preso caso não pague pensão alimentícia para um dos filhos até a próxima sexta-feira

Pensões, relacionamentos e um macaco de estimação: as polêmicas que cercam a carreira de Latino AG News e Reprodução/
Foto: AG News e Reprodução

As polêmicas envolvendo o cantor Latino não começaram hoje. De um término de relacionamento conturbado com a cantora Kelly Key, a um macaco de estimação, até o não pagamento de pensões alimentícias.

>>> Latino precisa pagar pensão em até três dias para não ser preso

A mais recente começou a ser escrita em setembro deste ano, quando a ex-modelo Jaqueline Blandy, mãe de Matheus, de 2 anos, entrou com um pedido de prisão contra o artista. Segundo ela, Latino não havia cumprido uma ordem judicial que obrigava o pagamento de pensão, após confirmação de paternidade por meio de exame de DNA.

O cantor nega que tenha descumprido a lei. A assessoria de imprensa do artista afirmou que ele paga mensalmente o mesmo valor aos oito filhos. No entanto, Jaqueline falou com o portal EGO nesta quinta-feira e lamentou a situação:

— Tenho pena dessas crianças.

>>> Latino fala sobre processos de pensão alimentícia: "Prefiro ser preso"

Ela ainda ressaltou que não quer viver às custas do cantor, como ele insinuou em uma entrevista nesta quarta-feira.

— Primeiro não somos nós quem estipulamos o quanto ele deve pagar, e sim a Justiça, através de análises e investigações. Pelo amor de Deus, são crianças envolvidas que precisam de assistência.

Latino enfrenta três processos judiciais e sofreu derrota parcial em um deles, em que foi determinado o pagamento de parte das parcelas atrasadas. O valor seria de aproximadamente R$ 15 mil, mas a mãe de Matheus reclama que a dívida já teria superado os R$ 40 mil.

Assista ao Retratos da Fama desta semana, que trata do assunto:

Fim de namoro com suspeita de traição



Mesmo após 12 anos do término do relacionamento entre Latino e Kelly Key, o fim do romance ainda rende muita discussão. Quando eles se conheceram, a cantora tinha apenas 14 anos e ele 25. Ficaram juntos por cerca de cinco anos, até que boatos de traição por parte dela abalaram a vida de Latino.

>>> Kelly Key detona Latino: "Não tenho o que falar bem"

Ele também afirma ter sido o responsável pelo sucesso — ainda que passageiro — de Kelly Key. Foi Latino quem apresentou a cantora ao produtor e também ao compositor de suas músicas. Além disso, a própria artista revelou em entrevista ao programa “Na lata”, de Antônia Fontenelle, que ele teria uma parcela de contribuição pela sua fama.

— Ele contribuiu sim, trazendo para o projeto as melhores pessoas, as pessoas que fizeram meu projeto dar certo — disse.

Ainda assim, o artista diz ter sofrido um duro golpe da então mulher, com quem teve uma filha, Suzanna. Latino teria flagrado a cantora em uma boate carioca com o novo namorado, o empresário angolano Mico Freitas, com quem ela é casada até hoje.

Com licença do Ibama, Latino tem um macaco de estimação



Pode até reclamar dos valores que as mães dos seus oito filhos pedem de pensão, mas não deixa faltar nada ao Twelves, o primata de estimação do cantor, que completou dois anos nesta semana. Guarda-roupa de grife, papinha, fraldas e mamadeiras: assim é a vida do "filho" de Latino, um macaco-prego.

— O Twelves viaja sempre com o Latino para fazer shows pelo Brasil. Ele adora, mas morro de saudade. Somos muito apegados a ele, tratamos como um filho mesmo. É até bom porque dá para adiar um pouco mais os planos de ser mãe — contou a atual esposa de Latino, a modelo Rayanne Morais, em entrevista ao portal EGO.

Twelves, inclusive, teve direito a uma festa de aniversário que gerou ainda mais polêmica devido ao custo de vida do animal. Contudo, a madrinha do macaco, Carol Borba, contou ao portal EGO que foi ela quem bancou a comemoração.

— Não foi ele quem deu a festa, fui eu. Ele não queria fazer nada de jeito nenhum, mas eu quis fazer mesmo assim porque tenho amor pelo macaco. Não tenho filho, só um sobrinho, e ele é minha família. Tenho pelo Twelves um amor incondicional, amor de verdade. Por isso disse ao Latino: "Pode deixar que eu vou dar e faço isso por ele" — afirmou a dentista.
 

Os gastos com o animal seriam de aproximadamente R$ 500 por mês, o que levou a mãe de um dos filhos a dizer que ele trata melhor o macaco do que o menino, também de dois anos.

— Não sou contra ele dar amor ao macaquinho, mas revolta ver ele dar tanta atenção e importância e fingir que os filhos não existem! Ele disse reconhecer os filhos, é verdade, reconhece. Porém, até hoje não registrou, para tentar não fazer valer os direitos da criança — falou Jaqueline Blandy.

>>> Leia outras notícias sobre famosos e entretenimento
>>> Curta a página do DG no Facebook!

DIÁRIO GAÚCHO

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros