"BBB 17": Marcos deve prestar depoimento nesta quarta-feira - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Caso de polícia11/04/2017 | 12h03Atualizada em 11/04/2017 | 15h12

"BBB 17": Marcos deve prestar depoimento nesta quarta-feira

Médico ficará confinado em um hotel até a final do programa, na quinta

"BBB 17": Marcos deve prestar depoimento nesta quarta-feira Fabio Rocha/TV Globo/Divulgação
Foto: Fabio Rocha / TV Globo/Divulgação

Após ser expulso do Big Brother Brasil 17, o cirurgião plástico gaúcho Marcos irá prestar depoimento Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira. A informação foi confirmada pela diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher do Rio (DPAM), Márcia Noeli, em entrevista ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, na manhã desta terça. Já Emilly só deve ser ouvida na próxima segunda-feira. De acordo com a diretora, em entrevista ao Extra, a pena prevista nestes casos varia de um a três anos de prisão.

No último sábado, Marcos e Emilly discutiram. O médico encurralou a estudante contra a parede, apontou o dedo contra seu rosto e, aos gritos, apertou seu braço – até que a jovem, também gaúcha, reclamou que estava "doendo". A Delegacia da Mulher do Rio de Janeiro passou a investigar o participante. Em entrevista à ZH, Márcia ressaltou que não há dúvida de que o programa transmitiu em rede nacional um caso clássico de violência doméstica. Segundo a delegada, há, nas imagens, atos que configuram constrangimento ilegal e violência psicológica. Ela explicou, no entanto, que esse tipo de agressão exige a denúncia da vítima para que seja aberta uma investigação – diferente de agressão física, crime que pode (e deve) ser apurado pela polícia, mesmo que não haja qualquer queixa.

Leia mais:
Enquete aponta vitória apertada na final do "BBB 17"
VÍDEO: por que o que está acontecendo no BBB 17 é tão grave?
Opinião: público também errou ao deixar Marcos no programa 

Na segunda-feira, a polícia do Rio entrou na casa para investigar possíveis agressões físicas do médico contra a estudante. À noite, no início da edição do programa, o apresentador Tiago Leifert anunciou que Marcos estava fora do reality show.

– Ficaram comprovados indícios de agressões físicas. No BBB, agressão é expulsão. A decisão está tomada: Marcos está expulso do BBB 17 – comunicou Leifert.

Com isso, as três participantes restantes do programa tornaram-se, imediatamente, finalistas: Vivian, Ieda e Emilly. 

Depois da expulsão, Marcos tentou se justificar no Twitter: 

Ainda na madrugada, na rede social, foi informado que Marcos está bem e vem recebendo o apoio da família.

Segundo informações do Extra, Marcos está blindado. Ele ficará confinado em um hotel na Zona Oeste do Rio, próximo aos Estúdios Globo, sem dar entrevistas, até a próxima quinta-feira – dia que o BBB 17  termina. De acordo com a publicação, o cirurgião plástico ficou inconformado com a decisão da direção do programa. 




 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros