VÍDEO: Rock ideológico e inspiração na Matemática: conheça a banda Matriz - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Estrelas da Periferia04/04/2017 | 07h00Atualizada em 04/04/2017 | 07h00

VÍDEO: Rock ideológico e inspiração na Matemática: conheça a banda Matriz

Grupo de Viamão faz uma mistura de rock, hardcore e MPB e aposta na luta contra preconceitos, sempre ligada nos assuntos atuais da galera. 

VÍDEO: Rock ideológico e inspiração na Matemática: conheça a banda Matriz Tadeu Vilani/Agencia RBS
Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Desde 2013 na estrada, a banda Matriz recebeu este nome de forma curiosa. Fruto do sonho de Éricles Rocha (baixo), a banda foi batizada justamente em homenagem a um dos conteúdos de Matemática que mais apavorava os guris na época: matrizes.

Leia outras histórias de Estrelas da Periferia
Leia mais sobre famosos e entretenimento

Naquele tempo, Éricles estudava na Escola Estadual de Ensino Médio Santa Isabel, no bairro de mesmo nome, em Viamão, ao lado de amigos que fundaram o grupo com ele.

— A banda sempre buscou quebrar preconceitos sociais, que limitam o conhecimento e a união das pessoas — explica Éricles, que hoje integra o grupo ao lado dos parceiros Daniel Rosa (guitarra e voz), Dionata Silveira (bateria), Rafael Schwartz (guitarra e voz) e João Gabriel (guitarras rítmicas, percussão e teclados rítmicos).

Show marcante

O baixista completa:

— Sempre pensamos em trazer uma revolução interna, para tornar as pessoas que ouvem nossas músicas mais conscientes dos seus atos e das ideologias.

Ligada nos assuntos atuais da juventude, a Matriz, que investe em uma mistura de rock, hardcore e MPB, não faz shows apenas em lugares convencionais - atualmente, os músicos realizam uma média de quatro apresentações por mês. Uma das performances mais marcantes foi durante um protesto de estudantes contra o Governo Federal, na ocupação da escola Walter Jobim, em Viamão, em 2016.

— Acho que foi muito pelo nosso espírito revolucionário. Neste dia, fizemos um show temático, com canções da época da ditadura militar — revela Éricles.

Pitaco

Markinhos, vocalista do grupo Vírus do Samba, fala sobre a banda Matriz:

— Acho que o grupo apresenta uma pegada sólida e moderna. O profissional avalia o som deles:

— Ouvi uma das faixas deles, uma releitura do Charlie Brown Jr., achei bem diferente e original!

— Para participar da seção, mande um pequeno histórico da sua banda, dupla ou do seu trabalho solo, músicas em MP3 ou clipe e um telefone de contato para jose.barros@diariogaucho.com.br.

— Para falar com a banda Matriz, ligue para 98286-8102.


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros