Cris Silva revela os segredos de Cleo Kuhn: "Não carrego guarda-chuva" - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Coluna Lado C16/09/2017 | 12h00Atualizada em 16/09/2017 | 12h00

Cris Silva revela os segredos de Cleo Kuhn: "Não carrego guarda-chuva"

O pelotense, 59 anos, diz que o clima tem pouca influência em sua vida, e não se incomoda em ser questionado sobre a chuva o tempo todo

Cris Silva revela os segredos de Cleo Kuhn: "Não carrego guarda-chuva" Cristiane Silva/Agência RBS
Foto: Cristiane Silva / Agência RBS

O bate-papo deste final de semana é com um profissional que está prestes a completar 30 anos de Grupo RBS: Cleo Kuhn, o “homem do tempo” da Rádio Gaúcha (93.7 FM e 600 AM).

Meus trabalho apresentando a previsão do tempo nos jornais da RBS TV me aproximaram desse colega. Hoje, eu mostro o outro lado deste pelotense, 59 anos, que odeia guarda-chuva.

Cleo, se tu não fosse meteorologista, seria o quê?
Eu acho que faria engenharia elétrica ou trabalharia com comércio, porque minha família sempre teve armazém, em Pelotas.

Leia outras notícias sobre famosos e entretenimento

O que gostas de fazer quando estás em casa?
Se eu não estiver fazendo nada em casa, eu durmo. Então, não posso parar. Evito até assistir televisão. Às vezes, estou vendo futebol e pego no sono. Na minha casa eu estou sempre na garagem mexendo nas minhas ferramentas, no carro ou em alguma outra coisa de mecânica. Quando me aposentar, só vou mexer nisso! 

Qual é o teu time do coração?
Em Pelotas, eu torço pro Farroupilha (Grêmio Atlético Farroupilha), porque me criei no Fragata (bairro do clube). Mas, aqui, em Porto Alegre, eu nunca fui a um jogo de futebol... não fede nem cheira (risos).

E a comida preferida?
Arroz, feijão, bife e ovo! Não tem coisa melhor.

As pessoas perguntam sobre o tempo pra ti, fora do trabalho?
Muito! O tempo todo e em todos os lugares. Não vejo problema nenhum nestas perguntas. Afinal, eu trabalho com isso.

Leia também:
Cris Silva revela a carreira de Diogo Olivier antes do jornalismo
Cris Silva apresenta Tiago Boff, produtor do Timeline e do Gaúcha Atualidade

O tempo (clima) influencia muito a tua vida?
Claro que não! Seu fosse viver a minha vida de acordo com a previsão do tempo, ficaria louco. Eu só trabalho com isso, sou uma pessoa normal (risos). Não uso guarda-chuva e, muitas vezes, não pego casaco, mesmo sabendo que vai fazer frio... a previsão do tempo é a previsão do tempo, o Cleo é o Cleo.

Qual tipo música gosta de ouvir?
Gosto de música popular brasileira e não curto as letras da maioria das músicas de funk. Eu gosto da batida do funk. As letras podem fazer sentido para a realidade de algumas pessoas, mas, para mim, não faz. 

Acreditas nas mudanças climáticas?
Primeiro , vamos começar pelo seguinte: mudança climática é uma coisa constante... O mundo é uma bola que não está parada. Ela gira e nunca repete. Quem tem mania de repetição é o homem. Então, a mudança climática acontece sempre. Se para melhor ou para pior, aí, só podemos esperar para ver. Mas inevitavelmente existe uma mudança, e isso faz parte. Ah, às vezes, ouço as pessoas dizendo: “mas esse verão foi diferente do verão passado...”. Sim, e vai ser assim daqui para frente!

Te incomoda quando alguém diz que tu não acertaste a previsão do tempo?
Claro que não, faz parte! Eu iria achar um coisa totalmente fora do normal se eu só acertasse (risos). No Brasil, falta equipamento para monitorar o clima de forma mais séria. Porto Alegre não tem nem termômetro de rua, e as pessoas acham natural, ninguém fala nada... isso é o cúmulo do atraso.


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Veja também

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros