Dicas para caprichar na higiene após a transa e evitar doenças - Entretenimento

Versão mobile

 

Falando de Sexo10/01/2018 | 20h00Atualizada em 10/01/2018 | 20h00

Dicas para caprichar na higiene após a transa e evitar doenças

Dicas para caprichar na higiene após a transa e evitar doenças Arte ZH/
Foto: Arte ZH

Muitas vezes, os namorados ou maridos nos sujam. Ejaculam na nossa mão, boca e por aí vai. 

Não tem como ficar deitada, curtindo. Se o sêmen seca, fica difícil de tirar do corpo. E ainda teremos que tomar um banho no meio da noite, tendo que dormir logo para acordar cedo.

Eu quero sexo e também quero estar limpa o quanto antes. O homem pode lembrar de levar um pano e ajudar a limpar.

É muito bom voltarmos a esse assunto, sobre o qual já comentamos há alguns dias, porque essa é uma das causas da preguiça das mulheres para fazer sexo. Acontece que nós, meninas, precisamos de uma higiene maior do que os homens nesta hora. Depois de transar, eles podem, simplesmente ,jogar a camisinha no lixo, vestir a cueca e pronto. 

Leia outras colunas do Falando de Sexo

Por causa da anatomia da vagina, voltada para dentro, as mulheres precisam ter certos cuidados. A vagina ou a vulva (parte externa) fica muito mais vulnerável após todo o esfrega-esfrega durante o sexo. O entra e sai e as fricções podem abrir microfissuras que atraem as bactérias oportunistas. Especialmente, se você tem pouca lubrificação ou se a noite foi uma maratona. 

Querida, com ou sem vontade de se levantar para higienizar ou urinar, reúna forças, vá até o banheiro, sente-se no vaso e concentre-se. O ideal é não demorar mais de meia hora para fazer xixi depois do sexo. 

Leia também:
Saiba o que fazer (ou não) após a transa

Não se esqueça
Outra dica importantíssima: quando for limpar, passe o papel higiênico de frente para trás, no sentido da vulva para o ânus. Por quê? Os minúsculos “habitantes” do seu ânus (sim, é normal, todos temos organismos vivos lá) podem ser transportados para a região da vagina e fazer mal à região.

Ah, os homens podem, sim, colaborar trazendo algo para ajudar a limpar.

Se você tem dúvidas ou sugestões de assunto, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 

Veja também

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros