Conheça DJ 25, que sonha em transformar seu show na versão local do Baile do Dennis - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Estrelas da Periferia11/06/2019 | 07h00Atualizada em 11/06/2019 | 18h04

Conheça DJ 25, que sonha em transformar seu show na versão local do Baile do Dennis

Artista de Gravataí já abriu apresentações de nomes nacionais

Conheça DJ 25, que sonha em transformar seu show na versão local do Baile do Dennis Júlio Cordeiro/Agencia RBS
DJ 25, no seu estúdio, em Gravataí Foto: Júlio Cordeiro / Agencia RBS

Na adolescência, Diego dos Santos Fontes, da Morada do Vale 3, em Gravataí, chamava a atenção dos vizinhos por ser apaixonado pela música e por passar boa parte dos dias fazendo rimas com sucessos do rapper norte-americano 50 Cent. Daí para ganhar o apelido de 25, foi um pulo. 

— Como eu era pequeno, nada fortão como ele e fazia rimas, o pessoal começou a me chamar de 25, metade de 50 (risos). Acabei usando isso na minha carreira solo — diz o artista, 28 anos, já com a alcunha de DJ no seu nome artístico. 

Antes disso, Diego passou por perrengues. No começo da carreira, em 2007, tentou a sorte como MC cantando funk e rap. 

— Em 2008, porém, desisti do sonho de ser musico, devido ao falecimento do meu pai (Carlos Roberto Rodrigues Fontes). Fui para outras áreas, tentei outras coisas, mas parece que a música me chamava. Até que, em 2012, voltei atuando em festas como DJ. Fui me reerguendo aos poucos — recorda.

No ano seguinte, ele começou a montar um estúdio em sua casa, gravando para outros artistas. Foi quando passou a fazer participações em shows de MCs e a tocar em festas na Região Metropolitana.

Conheça outras histórias de Estrelas da Periferia

Virou protagonista

Aos poucos, DJ 25 foi ganhando destaque como locutor de eventos e nas picapes. Porém, o seu sonho era ser protagonista nos palcos - não só acompanhar MCs. Dando um passo de cada vez, foi chamando a atenção ao abrir shows de nomes como MC Livinho e ao fazer parcerias com feras locais como MC Aleh, cuja história foi contada aqui, na seção, em abril de 2018. 

Hoje, independente, 25 não faz mais parcerias com Aleh e dá seus próprios passos como artista solo, o que era o seu sonho.

— É muito empolgante me dar conta de que eu comecei lá atrás do palco, acompanhando os artistas, e ver que, hoje, sou a atração de muitas festas — celebra o DJ da Morada do Vale 3, em Gravataí.

Em sua performance, o gaúcho se inspira em referências como Dennis DJ, que mistura ritmos e gêneros:

— Faço versões de músicas desde funk, até rap, passando por música eletrônica. Pego um sucesso e coloco a minha batida. Fica uma coisa mais exclusiva.    

Pitaco de Quem Entende 

 Adriano Brasil, produtor artístico, fala sobre o trabalho de 25 a partir do que ele vem produzindo de som:

— Sempre é bom ter um DJ que tenta ganhar destaque e que ainda tem como referência o Dennis.

Para Adriano, a história do personagem da seção Estrelas da Periferia desta semana remete a muitas outras de pessoas que têm potencial e estão na batalha, no cenário artístico gaúcho, sem desistir.

— Tem muito DJ talentoso aqui no Rio Grande do Sul. A história do 25 pode inspirar muita gente — avisa ele.

Aqui, o espaço é todo seu

— Para participar da seção, mande um pequeno histórico da sua banda, dupla ou do seu trabalho solo, músicas e vídeos e um telefone de contato para o e-mail jose.barros@diariogaucho.com.br.

— Para falar com DJ 25, ligue para o telefone 98485-7605.

— Confira a performance do DJ 25 no site diariogaucho.com.br 



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros