Buraco na entrada do Umbu segue incomodando, em Alvorada - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Caminho tortuoso19/01/2019 | 07h00Atualizada em 19/01/2019 | 07h00

Buraco na entrada do Umbu segue incomodando, em Alvorada

Apesar da promessa feita pela prefeitura em dezembro, de consertar a pista em 15 dias, problema segue até hoje. Moradores relatam que terra colocada no local não solucionou a demanda

Buraco na entrada do Umbu segue incomodando, em Alvorada Ronaldo Bernardi / Agência RBS/Agência RBS
Paliativamente, a administração pública colocou terra na cratera Foto: Ronaldo Bernardi / Agência RBS / Agência RBS

A Rua Edison de Oliveira é o principal acesso ao bairro Umbu II, em Alvorada. Em função das condições da via, que acumula buracos, o local exige habilidade dos motoristas que precisam passar por ali. O Diário Gaúcho esteve no local no dia 15 de dezembro

Leia mais
Aumento no IPTU de Alvorada assusta moradores
Buraco em bairro de Alvorada dificulta trânsito de motoristas e pedestres
Lagoa do Cocão, em Alvorada, passa por revitalização

Na época, a prefeitura prometeu que o conserto na via seria efetuado em até 15 dias. Entretanto, mais de um mês depois, o cenário segue. Paliativamente, a administração pública colocou terra na cratera. Com as recentes chuvas, isso transformou o local em um lamaçal. 

— O ônibus balança muito quando passa naquele buraco. Chega até a dar medo — relata a telefonista aposentada Nanci Rodrigues, 72 anos. 

Descaso

Moradores das redondezas apontam o buraco como o símbolo de um descaso com o Umbu II. O conjunto habitacional foi inaugurado há cerca de um ano e fica bem próximo do bairro homônimo, mais antigo. Porém, além das prédios residenciais, não há serviços básicos no bairro. Por isso, os moradores precisam se deslocar para praticamente todas as necessidades.

— A farmácia mais próxima está há dois quilômetros. Segurança também é pouca. Então, esse buraco aí é o retrato dos problemas que a nossa cidade já acumula — acrescenta o chapista Diogo Ribeiro de Araújo, 32 anos, também morador do Umbu II.

Segundo Diogo, depois que a reportagem contando a situação da Rua Edison de Oliveira foi publicada no jornal, a prefeitura chegou a aparecer na região. Entretanto, o reparo apenas com terra não foi suficiente, já que veículos pesados — como os das duas linhas de ônibus que atendem a comunidade — transitam frequentemente pelo local.

— Uma equipe da prefeitura veio, trouxeram até uma retroescavadeira. Mas coloram a terra ali e em 20 minutos já tinham ido embora — recorda o morador.

Conserto começa nesta semana

Em nota, a prefeitura de Alvorada explicou que a terra colocada na região não foi uma medida definitiva. Segundo a assessoria de imprensa da cidade, o buraco será consertado com o uso de pedra rachão — semelhante a um calçamento ou paralelepípedo. 

O material teria chegado ao município somente neste sexta-feira (18). E em razão da chuva, os reparos na entrada do Umbu II devem começar somente na segunda ou terça-feira. A Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) não deu previsão para conclusão dos trabalhos.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros