Hospital São Lucas inaugura ambulatório para atender pacientes na fase pós-covid - Notícias

Versão mobile

 
 

Queixas persistentes20/04/2021 | 09h14Atualizada em 20/04/2021 | 09h14

Hospital São Lucas inaugura ambulatório para atender pacientes na fase pós-covid

Serviço está disponível via rede privada e convênios, presencialmente ou por teleconsulta

Hospital São Lucas inaugura ambulatório para atender pacientes na fase pós-covid Matheus Wecki,Hospital São Lucas PUCRS / Divulgação/Divulgação
Ambulatório Pós-Covid do Hospital São Lucas da PUCRS, em Porto Alegre Foto: Matheus Wecki,Hospital São Lucas PUCRS / Divulgação / Divulgação

Tosse, falta de ar, fadiga e dor no peito são queixas comuns entre aqueles que passaram pela infecção por coronavírus mas ainda não se sentem como antes. Para acolher pacientes que continuam enfrentando as limitações e o desconforto de sintomas que persistem após a fase aguda da doença, o Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) acaba de lançar o Ambulatório Pós-Covid, com consultas disponíveis via rede particular e convênios.

A equipe assistencial é multidisciplinar. Médicos das áreas de pneumologia, neurologia, endocrinologia e cardiologia avaliam cada caso e fazem os encaminhamentos necessários. O paciente também poderá ser direcionado para a avaliação de profissionais das áreas de psicologia, fonoaudiologia, fisioterapia e nutrição. Exames laboratoriais e de imagem poderão ser feitos no hospital.

Pneumologista do São Lucas, Roberto Tonietto destaca que de 10% a 20% das pessoas que desenvolvem quadros moderados de covid-19 acabam ficando com sequelas por algumas semanas.

—  A ideia é poder ter capacidade para atender tanto o paciente que ficou com muita dificuldade depois da passagem por uma UTI quanto aquele com quadro mais leve, que ficou com queixa residual — explica Tonietto.

Problemas musculares, cardíacos e de memória, além de índices elevados de glicose no sangue, também figuram entre os mais frequentes. Há relatos de dificuldades emocionais, ligadas à readaptação ao ambiente familiar ou de trabalho.

— A sociedade adoeceu, e temos que pensar em algo a oferecer para quem teve a doença. Fala-se muito em leitos de UTI, oxigênio, remédios para entubação, mas temos que pensar em todas aquelas pessoas que passaram pela doença e vão precisar de algum tipo de auxílio ou cuidado nas semanas ou nos meses subsequentes — acrescenta Tonietto.

Ambulatório Pós-Covid do Hospital São Lucas da PUCRS, em Porto Alegre.<!-- NICAID(14761360) -->
Serviço atende pacientes da rede privada e de convêniosFoto: Bruno Todeschini,Ascom PUCRS / Divulgação

Quanto ao momento de buscar ajuda, o pneumologista explica que o paciente deve estar fora da fase de contaminação (14 dias após o início dos sintomas, na ausência de febre ou piora respiratória) para a segurança de uma consulta em modo presencial. Também é possível agendar teleconsultas.

Ambulatório Pós-Covid do Hospital São Lucas da PUCRS

Avenida Ipiranga, 6.690, 2° andar, sala 220 — Jardim Botânico

Informações: (51) 98502-1128

Agendamento online neste site

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros