Nova fase da campanha Unidos pela Vacina prevê orientação e conexão entre quem precisa de ajuda e quem pode auxiliar - Notícias

Versão mobile

 
 

Conscientização11/05/2021 | 15h53Atualizada em 11/05/2021 | 19h09

Nova fase da campanha Unidos pela Vacina prevê orientação e conexão entre quem precisa de ajuda e quem pode auxiliar

Mobilização a partir desta terça-feira conta com a participação de diversas personalidades gaúchas

Nova fase da campanha Unidos pela Vacina prevê orientação e conexão entre quem precisa de ajuda e quem pode auxiliar Divulgação / Divulgação/Divulgação
Campanha tem a participação de personalidades do Rio Grande do Sul Foto: Divulgação / Divulgação / Divulgação
Diário Gaúcho
Diário Gaúcho

Uma nova fase da campanha Unidos pela Vacina no Rio Grande do Sul começou a ser veiculada nesta terça-feira (11) nos meios de comunicação do Estado, entre eles, os canais do Grupo RBS. A iniciativa ressalta a importância da imunização contra a covid-19 para frear a pandemia e busca arrecadar doações para o transporte e armazenamento das vacinas. 

Leia mais
"Queremos nos unir para salvar vidas, para salvar a economia", diz Eduardo Melzer sobre campanha Unidos pela Vacina
Luiza Trajano explica a meta de vacinar brasileiros

Diversas personalidades gaúchas participam da mobilização, como a dupla Claus e Vanessa, a ex-miss Brasil Deise Nunes, a escritora Martha Medeiros, a atriz e humorista Angela Dippe (atriz e humorista), o jogador do Grêmio Brenno, o jogador do Inter Edenilson, o humorista Guri de Uruguaiana, a ex-BBB Ieda Wobeto, os músicos Léo Pain, Armandinho, Luiz Marenco, Serginho Moah, Thedy Corrêa e Mano Lima , a atleta Mayra Aguiar e o ator e colunista Zé Victor Castiel.

Para que a mensagem chegue a todos os cantos do Estado, a Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (­Agert) mobilizou os principais veículos do Estado, que se engajaram na causa e farão uma grande corrente estadual nos meios TV, rádio, jornal e digital em prol de uma solução possível.

A campanha será dividida em dois momentos. Inicialmente, com viés de conscientização, reforçando as principais recomendações para evitar a doença, como usar máscaras, evitar aglomerações e intensificar os hábitos de higiene. Em um segundo momento, a mobilização terá como foco arrecadar doações de itens fundamentais para o transporte e armazenamento das vacinas.

— Este é um momento histórico e que me emociona, quando todas as emissoras se dão as mãos por um objetivo comum. A vacina é a solução — disse o presidente da Agert, Roberto Cervo Melão, em reunião com a presença das lideranças das principais empresas de comunicação do Rio Grande do Sul. 

Unidos pela Vacina é uma campanha nacional idealizada pelo Grupo Mulheres do Brasil, presidido pela empresária Luiza Trajano. Seu objetivo é identificar obstáculos em cada um dos municípios do país que possam atrasar a vacinação contra a covid-19. No Rio Grande do Sul, o movimento começou com a mobilização da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), do Instituto Cultural Floresta, da Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (Agert) e do Grupo RBS. Hoje, conta com o apoio de dezenas de entidades, como Fecomércio-RS, Federação das Entidades Empresariais (Federasul), CDL-POA, Conselho Regional de Contabilidade do RS (CRCRS), Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon-RS) e Sindilojas POA, além de empresas e pessoas, diretamente. 

As doações para o transporte e armazenamento das vacinas serão destinadas ao Instituto Cultural Floresta, que lidera a frente de parcerias no Estado, fazendo a ponte entre as demandas e os recursos por parte dos doadores.

Instituições, entidades, empresas, ONGs podem participar, entrando em contato pelo e-mail: rs@unidospelavacina.org.br

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros