Luciano Périco: o Grêmio precisa escapar da enrascada em que se meteu - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Problema 13/04/2021 | 07h00Atualizada em 13/04/2021 | 07h00

Luciano Périco: o Grêmio precisa escapar da enrascada em que se meteu

Tricolor decide a vida na Libertadores contra o Independiente del Valle na Arena

Luciano Périco: o Grêmio precisa escapar da enrascada em que se meteu André Ávila / Agencia RBS/Agencia RBS
Alexandre Mendes ainda vai comandar a equipe gremista na quarta-feira (14) Foto: André Ávila / Agencia RBS / Agencia RBS

Não há um culpado específico. O Grêmio está pagando agora, com a sequência de jogos decisivos, pelos pecados cometidos no ano passado. O fato de não ter garantido a classificação direta para a fase de grupos da Libertadores, via Brasileirão, obrigou o Tricolor a ter que encarar uma fase preliminar com o risco de ser eliminado da competição continental sul.

Se a equipe de Renato Portaluppi tivesse caprichado um pouco mais e não deixado para trás pontos importantes na competição nacional, estaria ocupando o lugar do Fluminense, equipe que notadamente tem menos qualidade técnica. A dura realidade de ter que enfrentar um mata-mata na retomada da temporada, após perder a final da Copa do Brasil, é se meter em uma grande enrascada, podendo parar na Sul-Americana como prêmio de consolação.

Leia mais
Governo do RS libera realização da partida entre Grêmio e Del Valle às 19h15min
Titular contra o Del Valle, Felipe Albuquerque deverá ser mais utilizado pelo Grêmio em 2021
Efetividade posta à prova: Grêmio inicia temporada com o melhor ataque do Gauchão e da Libertadores

Claro que é possível eliminar o Independiente del Valle na Arena no jogo de volta. O gol marcado por Diego Souza no Paraguai pode ter sido a salvação. Se tivesse que apostar, colocaria as minhas fichas de que o Grêmio consegue passar. 1 a 0 basta. Mas não podemos esquecer que os equatorianos tem um time muito organizado. Funciona coletivamente. Em contrapartida, a equipe gremista vive um momento de instabilidade e incertezas. Faltam peças e o sistema de jogo está desencaixado. 

Claro que a camisa pode pesar na hora da decisão. Tradição é importante. Entretanto, não decreta a vitória de forma antecipada. Terá que ser na superação a busca do carimbo no passaporte para a fase quente da Libertadores. Tudo que o Grêmio mais deseja é confirmar a estreia, pelo grupo A, no dia 21 contra o Defensa y Justicia da Argentina, em Porto Alegre. Caso contrário, a dura realidade será o duelo com o La Equidad, da Colômbia, no dia 22, pela Sul-Americana

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros