Luciano Périco: Juventude coloca o Inter no paredão do Gauchão - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Gigante da Galera03/05/2021 | 08h13Atualizada em 03/05/2021 | 08h13

Luciano Périco: Juventude coloca o Inter no paredão do Gauchão

Colorado vai precisar vencer por dois gols de diferença para não ser eliminado da final nos últimos 90 minutos

Luciano Périco: Juventude coloca o Inter no paredão do Gauchão Fernando Alves / Juventude/Divulgação/Juventude/Divulgação
Cria da base, Marcos Vinicios marcou o gol da vitória do Ju na Montanha dos Vinhedos Foto: Fernando Alves / Juventude/Divulgação / Juventude/Divulgação

Com justiça, o Juventude largou em vantagem na semifinal do Gauchão. Depois do 1 a 0 em Bento Gonçalves, agora vai jogar pelo empate no Beira-Rio para ser um dos finalistas da competição. Mas nada ainda está definido. O Inter vai precisar fazer dois gols de diferença no próximo sábado (8) em Porto Alegre. É possível? Claro que sim. O Colorado tem totais condições de virar a situação. Porém, o time de Miguel Ángel Ramírez vai precisar jogar mais futebol.

Uma certeza é que as duas equipes sofreram com a condição ruim do gramado da Montanha dos Vinhedos. A estratégia de Marquinhos Santos de marcar a lenta saída de bola do Colorado deu certo. Faltou criação no meio-campo no time de Ramírez. Os maiores perigos impostos pelo Inter ao Papo foram apenas chutes de fora da área com Maurício e Praxedes e duas cabeçadas de Thiago Galhardo sem acertar a meta. E só.

Marcelo Carné fez uma única intervenção na partida, no lance em que Palácios invadiu a área pela direita. No campo, o árbitro Douglas Silva marcou pênalti. Após a revisão indicada pelo VAR, o juiz voltou atrás da decisão. Ficou visível pelas imagens que o goleiro do Ju primeiro toca com a mão na bola, antes do choque com o jogador chileno. Edenilson pouco apareceu na partida. Quando ele não vai bem, o time sente. Acabou substituído. Vigiado o tempo inteiro por Rafael Forster, Yuri Alberto pouco fez.

Leia mais
Cotação GZH: veja as notas dos jogadores do Inter na derrota para o Juventude
Ramírez diz que as condições do gramado mudaram a maneira do Inter jogar e projeta virada no Beira-Rio
"Ele sabe qual caminho deve seguir", diz executivo de futebol do Inter sobre rescisão pedida por Guerrero

Além do gol de Marcos Vinicios, quando venceu Dourado na velocidade e meteu na rede de Marcelo Lomba, antes, o atacante do Juventude já havia levado vantagem sobre a defesa colorada em outro lance parecido. Defesa em linha.

Importante destacar também a atuação de Wescley no meio-campo do time da Serra. É fato que o Inter não encontrou as mesmas facilidades que teve contra Aimoré, Esportivo e Deportivo Táchira-VEN. Contra um adversário mais qualificado, se complicou.

No geral, o jogo em Bento Gonçalves, com um caráter decisivo, não empolgou. Mas antes de pensar no Juventude, o Colorado tem um compromisso importante pela Libertadores contra o Olímpia, do Paraguai.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros