Casal de servidores da prefeitura de Viamão é preso por desvio de vacina contra a covid-19 e de remédios - Polícia

Versão mobile

 
 

Região Metropolitana10/06/2021 | 09h42Atualizada em 10/06/2021 | 09h42

Casal de servidores da prefeitura de Viamão é preso por desvio de vacina contra a covid-19 e de remédios

Polícia Civil encontrou frasco de CoronaVac na casa dos funcionários da Secretaria da Saúde

Casal de servidores da prefeitura de Viamão é preso por desvio de vacina contra a covid-19 e de remédios Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Frasco da CoronaVac localizado na casa dos servidores da prefeitura Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação

A Polícia Civil de Viamão, na região metropolitana de Porto Alegre, prendeu em flagrante nesta quarta-feira (9) um casal de servidores da Secretaria Municipal de Saúde por desvio de vacina contra a covid-19 e de medicamentos e insumos.

Segundo o delegado responsável pela operação, Júlio Fernandes Neto, foi cumprido mandado de busca e apreensão na residência dos suspeitos. No local, foram apreendidos um frasco da vacina CoronaVac, parcialmente consumido, além de medicamentos de uso controlado, também desviados do Secretaria. Foram encontrados também diversos objetos furtados, como seringas.

— O que chamou a atenção é que boa parte desses insumos, que claramente vinham de apropriação indevida da secretaria, estavam no quarto do casal. Nós começamos a colocar sobre a cama e faltou espaço para catalogar — destaca o delegado.

A Polícia Civil não descarta que outros frascos de vacinas possam ter sido furtados, e ainda investiga se alguém foi beneficiado pela aplicação das doses.

— Sabíamos que não encontraríamos provas (de aplicação da vacina) no ato, pelo uso rápido que é dado ao imunizante. É aplicado e jogado fora. Mas com celulares e outros aparelhos apreendidos, acreditamos que conseguiremos chegar a uma rede de distribuição de todos esses medicamentos, inclusive das vacinas — afirma o delegado.

Vacina e medicamentos apreendidos em Viamão
Medicamentos, seringas, atestados e celulares apreendidosFoto: Polícia Civil / Divulgação

Foram apreendidos ainda receituários médicos com timbres de diferentes instituições de saúde em branco, e dois carimbos com nomes e números de registro no Conselho Regional de Medicina de médicos gaúchos.

O casal não teve os nomes divulgados. Conforme a polícia, ambos eram servidores concursados. Eles foram foram presos em flagrante pelos crimes de peculato, infração de medida sanitária preventiva majorada e tráfico majorado de de drogas. Também foi pedido o afastamento imediato dos dois da Secretaria. A investigação começou após uma denúncia da prefeitura.

O atual prefeito de Viamão, Valdir Bonatto, assumiu também a Secretaria Municipal da Saúde. Em nota, a prefeitura de Viamão afirma que "tão logo surgiram indícios sobre os fatos, levou ao conhecimento da autoridade policial, possibilitando de forma decisiva que a Operação tivesse o desfecho de hoje. Não toleramos e não somos coniventes com qualquer tipo de desvio dessa natureza. Assim como neste caso, todas as atitudes necessárias foram e serão tomadas." 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros