Vai receber a restituição do Imposto de Renda? Saiba como aproveitar melhor esse dinheiro - Informações sobre finanças, guias e outras utilidades no Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

DG Ajuda Você08/08/2016 | 16h58Atualizada em 08/08/2016 | 16h58

Vai receber a restituição do Imposto de Renda? Saiba como aproveitar melhor esse dinheiro

Educadores financeiros apontam opções de acordo com o perfil do beneficiado. É chance de quitar dívidas ou ter bom desconto na compra

Vai receber a restituição do Imposto de Renda? Saiba como aproveitar melhor esse dinheiro Genaro Joner/Agencia RBS
Foto: Genaro Joner / Agencia RBS

Está aberta a consulta do terceiro lote de restituições do Imposto de Renda 2016. O crédito bancário será realizado no dia 15 de agosto pela Receita Federal. Se você já abriu o sorriso aos descobrir que terá dinheiro extra na conta, deve responder a uma pergunta fundamental: o que é melhor fazer com o dinheiro?

Leia mais:
Saiba se suas dívidas passaram do limite aceitável e veja 10 dicas para sair desta situação
Bolsas do Prouni: saiba como concorrer às vagas que ainda estão abertas neste semestre

A resposta varia de acordo com cada beneficiado pela restituição, afirma o educador financeiro Jó Adriano da Cruz.

– Temos três perfis com recomendações diferentes. Para os endividados, a prioridade é pagar as contas mais caras, com juros altos. Os sem dívidas ou com elas sob controle que desejam comprar um bem devem bater perna e buscar desconto. E os sem dívida que querem investir precisam, antes, saber por quanto tempo querem deixar o dinheiro rendendo – diz ele.

Dívidas primeiro

A prioridade é quitar as dívidas. Nesse caso, o educador financeiro recomenda pagar as com juros mais altos primeiro. E, ainda assim, procurar negociar com o credor um desconto para o caso de se pagar à vista.

Quem está com as finanças sob controle pode achar o melhor momento para comprar aquele eletrodoméstico, por exemplo. Aí, a dica de Jó Adriano é pesquisar muito: visitar sites as lojas e bater perna fazendo orçamentos. Tudo para fazer o dinheiro render ao máximo.

Investimento

Para esse grupo, também existe a opção de investir, de guardar para uma compra mais adiante ou para criar uma reserva financeira de segurança. As opções, nesse caso, variam e devem ser avaliadas com calma.

– Se é para curto prazo, a poupança segue como melhor opção. É rápido para sacar e não cobra taxas. Mas se é para mais adiante, aí existem opções que o banco mesmo pode ajudar a escolher. Quanto mais tempo se quer deixar o dinheiro investido, melhores taxas se conseguem – afirma ele. 

Uma das dicas do educador financeiro é o investimento no Tesouro Direto, que permite aplicações com apenas R$ 30,00. Trata-se de um Programa do Tesouro Nacional para venda de títulos públicos federais a pessoas físicas pela internet. Ao comprar um título público, se empresta dinheiro para o governo brasileiro em troca de receber no futuro uma remuneração. Saiba mais abaixo.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros