Albergue Dias da Cruz pode fechar por dificuldades financeiras - Notícias

Versão mobile

 
 

Pedido de ajuda13/08/2015 | 07h05

Albergue Dias da Cruz pode fechar por dificuldades financeiras

Instituição com 84 anos depende basicamente de doações e ações sociais

Albergue Dias da Cruz pode fechar por dificuldades financeiras Marcelo Oliveira/Agencia RBS
Éder: albergue não vai longe se continuar com problemas financeiros Foto: Marcelo Oliveira / Agencia RBS

Aberto há 84 anos no Bairro Azenha, em Porto Alegre, o Albergue do Instituto Espírita Dias da Cruz vive dias de incerteza devido às dificuldades financeiras. A instituição que atende basicamente a moradores de rua retira a maior parte da sua receita de ações como brechós, bazares, feiras e doações por carnê ou depósito bancário.

Projeto social alimenta moradores de rua aos domingos em Porto Alegre

O repasse mensal da Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) para o albergue, de R$ 28,7 mil, e da Secretaria Municipal da Educação (Smed), de R$ 28,9 mil para a Escola de Educação Infantil Casa do Pequenino, outro braço da instituição, bancam apenas 37% do custo mensal do Instituto, de R$ 160 mil.

Ong da Restinga que cuida de crianças especiais precisa de ajuda

Para que houvesse um alívio nas finanças, o presidente da entidade, Éder Geraldo Cardoso, afirma que o repasse público deveria dobrar.

Por noite, o albergue atende 62 homens e 38 mulheres em ambientes separados. Ao chegar, a partir das 19h, são identificados, passam pela assistente social, recebem orientação profissional, tomam banho, ganham janta, pouso e café da manhã. O albergado tem direito a 15 noites por mês – caso falte em uma delas, perderá a vaga – se neste período conseguir emprego poderá ficar mais 30.

Ponto de partida

Nenhum deles é aceito com sinais de embriaguez ou sob o efeito de drogas. O local, segundo Éder, funciona como um ponto de partida para a mudança de vida de quem realmente deseja sair das ruas. 

— A gente sabe que crianças e idosos têm mais apelo para doações, mas o albergue pode mudar a realidade de quem passa por aqui. Neste mês, caíram muito as doações por carnês e depósitos, provavelmente devido ao parcelamento dos salários do funcionalismo estadual. Do jeito que está, conseguiremos manter (o albergue) só até o final do ano.

Caso haja necessidade de fechamento de uma das ações sociais, a prioridade da instituição é manter a Casa do Pequenino, que atende 120 crianças.

"Aqui, a gente dorme descansada"

Grávida de cinco meses, Vânia Garcês Guedes, 36 anos, ficou assustada ao saber da possibilidade de fechamento do albergue. Ela conta que gosta do local e que é muito bem tratada pelos funcionários da casa. 

— Não pode fechar. Aqui, a gente dorme descansada, não tem briga e é tudo limpinho.
 
— Aqui tudo é perfeito, somos bem recepcionados, sem isso, eu e muita gente vai ficar sem opção — comenta Claudio de Oliveira, 64 anos.

Na terceira noite no local, Edson Oliveira, 42 anos, participou ontem de uma seleção de emprego e está esperançoso com a possibilidade de novas oportunidades. 

— Recebi orientação de profissionais aqui, é um dos melhores albergues de Porto Alegre.

Reajuste anual

Desde novembro de 2009, a Fasc tem convênio com o albergue. Segundo a fundação, o valor é reajustado anualmente. Neste ano, o reajuste foi de 8,38%. No dia 22 de julho de 2015 o Instituto Espírita Dias da Cruz assinou um novo convênio com a Fasc.

A Fasc informa que não há risco de haver corte destes recursos, se a entidade continuar tendo sua prestação de contas aprovadas, manter a documentação em dia e continuar executando o atendimento.

A Smed disse que está com pagamento do repasse para a Escola Infantil Casa do Pequenino em dia e que não tem perspectiva de aumento do valor.

Leia outras notícias do dia

Como ajudar

- A instituição aceita doações em dinheiro por intermédio de carnê e depósito bancário. 

- Também são aceitos alimentos, roupas, calçados, material de bazar, como cama, mesa e banho. 

- O Instituto Espírita Dias da Cruz fica na Avenida Azenha, 366, esquina com a Ipiranga. Mais informações pelo telefone 3223-1938, das 14h às 20h, ou no site ie-diasdacruz.org.br.

Curta nossa página no Facebook

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros