Saiba como funciona o sistema de marcação de consultas no Instituto de Cardiologia da Capital - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Saúde01/09/2016 | 14h58Atualizada em 02/09/2016 | 10h44

Saiba como funciona o sistema de marcação de consultas no Instituto de Cardiologia da Capital

Filas e demora para a marcação de consultas nesta quinta-feira causaram irritação nos pacientes

Saiba como funciona o sistema de marcação de consultas no Instituto de Cardiologia da Capital Reprodução/
Foto: Reprodução
Diário Gaúcho
Diário Gaúcho

Uma falha na organização do sistema de marcação de consultas no Instituto de Cardiologia da Capital causou filas e demora no atendimento, na manhã desta quinta-feira. Mesmo os pacientes que chegaram cedo tiveram que esperar até seis horas para serem chamados.

O diretor do Instituto de Cardiologia Nelson de Carvalho Nonohay atribuiu a demora na marcação das consultas a duas questões: a mudança de local do atendimento, que era feito no ambulatório da Rua Santana até janeiro, quando foi destruído pelo temporal, e a uma falha de comunicação aos pacientes, que foram informados que a marcação das consultas ocorreria no dia 1º de setembro, e não a partir do dia 1º.

— Foi uma situação ruim, muito negativa para nós, de dificuldade para os pacientes. Vamos rever esse sistema de marcação de consultas — afirmou o diretor, que garantiu não deixar os problemas acontecerem na próxima leva de marcações de consultas.

Leia mais
Faltam medicamentos, fichas e prioridade para idosos em postinho da Capital
Samu de Alvorada atua há dois anos com apenas uma médica no plantão

Contudo, segundo a assessoria de imprensa do hospital, apesar da demora, todas as pessoas que se deslocaram até o Instituto de Cardiologia nesta manhã saíram de lá com a consulta agendada. Também informaram que, se alguém ainda não conseguiu agendar o atendimento médico, pode ir ao hospital nesta sexta-feira.

Desde 2013, quando o ambulatório da Rua Santana foi criado, a marcação de consultas passou a ser presencial. Os pacientes recebem a data em que devem agendar a próxima visita ao médico na consulta anterior. Antes, essa marcação era feita por telefone. Porém, a linha passava a maior parte do tempo ocupada, o que prejudicava os pacientes.

O hospital afirma que o ambulatório já está em reforma e deve ficar pronto até a próxima leva de marcações de consultas, que é feita, em média, a cada seis meses.

Como será feita a marcação de consultas nesta sexta-feira:

- O paciente deve ir ao ambulatório, que fica na Avenida Princesa Isabel, 395, ao lado da entrada principal.

- Diferentemente do que aconteceu nesta quinta-feira, ao chegar lá, um funcionário do hospital irá pegar as informações do paciente, que será liberado para ir embora.

- O retorno com a data da consulta será feito por telefone, sem tempo pré-determinado pelo hospital.

- Só serão feitas marcações de consultas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • 13h25m

    13h25m

    RT @sufloresantos: Feliz pq depois de anos, amanhã ao comprar o Diário Gaúcho vai vir um pôster do Grêmio 😂😂😂há 1 horaRetweet
  • juniormypride

    juniormypride

    kelly@_etyenewergutz tu quando era pequena, parecia ela kkkkkkkkkkkkkkk correio do povo, famoso diário gauchohá 1 horaRetweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros