Comparado a gigantes da arte, pintor de 14 anos vende obras a R$230 mil - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Tem talento06/10/2016 | 14h08Atualizada em 06/10/2016 | 14h11

Comparado a gigantes da arte, pintor de 14 anos vende obras a R$230 mil

O britânico Kieron Williamson nem chegou à idade adulta e já é chamado de "pequeno Monet" e "o jovem Picasso"

Comparado a gigantes da arte, pintor de 14 anos vende obras a R$230 mil Reprodução / Twitter/Twitter
Foto: Reprodução / Twitter / Twitter

Kieron Williamson é um menino comum, que gosta de jogar futebol e andar de bicicleta. Mas tem algo diferente do resto dos jovens de sua idade. Aos 14 anos, ele é considerado um fenômeno da pintura, e já foi comparado aos pintores Monet e Picasso. 

Leia mais:
Artista plástico de Arroio do Meio reproduz obra de Leonardo Da Vinci no telhado da própria casa
Barbeiro de Porto Alegre pinta quadros sem usar pincéis

Kieron começou a pintar aos 6 anos, e rapidamente fez sucesso na Inglaterra, onde mora. Em seu site, ele conta sua história definindo-se como "uma típica criança energética". Foi nas férias com a família em Cornwall, a sudoeste da Inglaterra, no ano de 2008, que fez os primeiros traços num bloco de desenho.

Foto: Reprodução / Twitter

Depois de frequentar workshops e oficinas de pinturas, participou da primeira exposição em agosto de 2009. Em novembro, vendeu todos os quadros em apenas 14 minutos, num sucesso que ele mesmo define como "da noite para o dia". Hoje, suas obras podem custar o equivalente a R$230 mil.

Segundo o jornal The Guardian, em matéria publicada em 2014, Kieron pede que os pais o levem para conhecer riachos, igrejas e campos, sempre buscando inspiração. Também sai de casa de pijama para admirar o pôr do sol.

Foto: Reprodução / Twitter

— A maioria das pessoas não para para cheirar as rosas, mas Kieron cheira, e definitivamente faz isso tão bem como todo o resto — disse sua mãe, Michelle, ao jornal.

Uma curiosidade é que Kieron é educado pelos próprios pais, dentro de casa. A decisão foi tomada com base na capacidade do menino de aprender sozinho. É a mãe que toma as lições do filho, percebendo que ele faz mais perguntas do que teria autorização para fazer em sala de aula. Sua irmã, Billie Jo, também abandonou a escola para ser educada pelos pais.

Foto: Reprodução / Twitter

A venda das pinturas de Kieron ajudou sua família a progredir. Com o dinheiro, comprou uma casa para os pais na vila Broads, na Inglaterra, paisagem que serve de inspiração para suas obras.

Agora, o menino está envolvido em um novo desafio: escrever um romance de horror ambientado em 1818.

Foto: Reprodução / Twitter

Leia outras notícias


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • nbru_

    nbru_

    Bruna AlvesComprei o diário gaúcho só por causa do poster do grêmio 🇧🇼💙há 6 minutosRetweet
  • DANIELMATADOR9

    DANIELMATADOR9

    DANIEL MATADOR@RealDuva @diario_gaucho Desculpa.há 1 horaRetweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros