Morador de Alvorada aguarda cirurgia ortopédica no Hospital da Ulbra há mais de um ano - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Seu problema é nosso30/11/2016 | 08h27Atualizada em 30/11/2016 | 08h27

Morador de Alvorada aguarda cirurgia ortopédica no Hospital da Ulbra há mais de um ano

Osvaldo tem artrose bilateral no quadril desde 2012

Morador de Alvorada aguarda cirurgia ortopédica no Hospital da Ulbra há mais de um ano Arquivo pessoal/Leitor/DG
Foto: Arquivo pessoal / Leitor/DG

Desde junho de 2015, o autônomo Osvaldo Luis Souza de Lima, 43 anos, aguarda uma cirurgia para colocação de prótese no quadril – artroplastia total de quadril – para tratar uma artrose bilateral que tem desde 2012. Ele não caminha sem o auxílio de muletas devido à piora no quadro de saúde, por conta da espera.

Quando descobriu o problema, admite não ter dado a atenção devida:

— Sempre trabalhei muito, era representante de produtos farmacêuticos e, no começo, achei que era apenas uma dor que ia passar. No ano seguinte, a situação se agravou, e fui obrigado a parar de trabalhar e começar a fazer tratamento para o desgaste, que atingiu os dois lados do meu quadril.

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!

Morador de Alvorada, Osvaldo foi inicialmente tratado na Unidade Básica de Saúde Pam8, no município. De lá, em 2015, foi encaminhado para cirurgia ortopédica no Hospital da Ulbra, em Canoas.

Conforme o leitor, quase um ano se passou até que ele fosse chamado a fazer exames e consultas pré-operatórias.

— Fiz todos os procedimentos em maio deste ano, e o médico falou que eu seria chamado para operação até julho. Já estamos em novembro e nada, ainda — desabafa.

A cirurgia, diz Osvaldo, vai acabar com as dores constantes, livrá-lo dos medicamentos e torná-lo independente de novo. Mesmo doente, ele se obriga a seguir trabalhando – porém, fazendo bicos, pois o INSS negou o pedido de auxílio-doença.

— O médico perito diz que tenho condições de trabalhar. Não caminho sozinho, só fico em pé à base de fortes remédios e nenhuma empresa me contrata porque eu não sou aprovado nos exames admissionais. Será mesmo que posso trabalhar? — questiona Osvaldo.

Leia mais
Trecho de avenida afunda em Viamão e representa perigo para quem passa pelo local
Moradora de Canoas sofre com problema no útero e precisa de procedimento de saúde urgente

Osvaldo tem consulta hoje

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Canoas, Osvaldo fez sua mais recente consulta no Hospital da Ulbra em julho deste ano. Uma pré-consulta para apresentação de exames está agendada para hoje, mas ainda não há prazo para a cirurgia.

Conforme o INSS, o resultado das perícias de Osvaldo não pode ser divulgado por estar sob sigilo médico. O segurado pode pedir cópia do processo e os laudos na agência correspondente – neste caso, a APS Alvorada. Como a última perícia foi feita em abril, o prazo está vencido e Osvaldo pode fazer novo pedido.


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • DarskiVanessa

    DarskiVanessa

    Vanessa@Vagner_LM aí tu vai pro mural da página de crimes do Diário Gaúcho ♥️há 4 horas Retweet
  • lizilha_

    lizilha_

    liz@AndreSousa__ diário Gaucho? me aguarde sendo assessora de imprensa do real madrid 😝😝há 5 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros