Com doença no útero, moradora de Canoas conseguiu atendimento após procurar cinco hospitais - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Problema Resolvido06/01/2017 | 08h17Atualizada em 06/01/2017 | 08h19

Com doença no útero, moradora de Canoas conseguiu atendimento após procurar cinco hospitais

Silvana sofre de hematometra, que é um acúmulo de sangue na cavidade uterina

Com doença no útero, moradora de Canoas conseguiu atendimento após procurar cinco hospitais Leitor DG/Arquivo Pessoal
Foto: Leitor DG / Arquivo Pessoal

Depois de percorrer cinco hospitais, três em Canoas e dois em Porto Alegre, a auxiliar administrativa Silvana Martins da Silva Rodrigues, 42 anos, enfim conseguiu atendimento médico para dar fim às fortes dores pélvicas.

A moradora do Bairro Guajuviras, em Canoas, sofre de uma doença no útero chamada hematometra (acúmulo de sangue na cavidade uterina).

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!

O dilema de Silvana foi notícia no Diário Gaúcho do dia 10 de novembro de 2016. Na época, a auxiliar administrativa estava desesperada, pois não estava conseguindo tratamento em Canoas, onde mora.

Ela tinha consultado no Hospital da Ulbra em Canoas, onde realizou exames, mas precisou esperar três semanas para mostrar os resultados. Silvana estava com medo de que as fortes dores que sentia fossem sinal de um problema mais grave.

No dia 8 de novembro, sem aguentar as dores – as quais se referia como ¿se estivesse em um trabalho de parto constante¿ – Silvana procurou o Hospital Conceição, em Porto Alegre. Na instituição, ela passou pelos procedimentos de curetagem e de drenagem do sangue que estava dentro do útero.

Acompanhamento

No dia 28 de novembro, a auxiliar administrativa conseguiu consultar no posto de saúde Guajuviras, próximo de sua casa, onde fará acompanhamento médico.

— Ainda tenho que fazer uma ecografia, mas o problema principal, que era a dor insuportável, está melhor — comemora Silvana.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde de Canoas, a marcação das próximas consultas dependerá da disponibilidade da empresa privada que presta serviços à prefeitura. Por enquanto, não há data marcada.

Leia mais
Comerciante de Capela de Santana aguarda cirurgia no fêmur há 10 anos
Aposentada aguarda cirurgia de retirada de osso e plástica no crânio desde agosto de 2016
Falta de vagas em creche municipal de Cachoeirinha pode fazer mãe ficar sem emprego

Doença comum na menopausa

Segundo Paulo Agostinho Damiani, coordenador do Serviço de Ginecologia do Hospital Conceição, a hematometra é causada pela obstrução do canal do colo uterino.

Além da dor, outro indício é a ausência de menstruação. É comum em mulheres na menopausa.

Caso apresente os sintomas, a mulher deve ir ao médico, pois a hematometra pode ser sinal de câncer de endométrio.


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • diario_gaucho

    diario_gaucho

    Diário Gaúchohttps://t.co/2UhamQrXFQhá 2 minutosRetweet
  • diario_gaucho

    diario_gaucho

    Diário GaúchoBolzan lamenta nova eliminação no Gauchão: "O @Gremio tinha time suficiente para ser campeão"… https://t.co/Wr8Y5icR8uhá 4 minutosRetweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros