Desde a noite de Natal, moradora de Viamão aguarda retirada de árvore que caiu sobre sua casa - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Seu Problema é Nosso09/01/2017 | 08h16Atualizada em 09/01/2017 | 08h16

Desde a noite de Natal, moradora de Viamão aguarda retirada de árvore que caiu sobre sua casa

Prefeitura diz que o serviço será feito assim que a rua estiver seca

Desde a noite de Natal, moradora de Viamão aguarda retirada de árvore que caiu sobre sua casa Omar Freitas/Agencia RBS
Foto: Omar Freitas / Agencia RBS

Foram os gritos da vizinhança que evitaram uma tragédia na família da cuidadora de idosos Vera Suzana Ferreira da Costa, 58 anos, em plena noite de Natal.

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!

Por volta das 23h 30min do dia 25, a moradora da Rua José Costa Carvalho, Bairro Santa Cecília, em Viamão, foi surpreendida pela queda de parte de uma paineira de mais de 50 anos sobre o telhado da moradia. O carro da família, um Fusca 1976, também foi atingido. Os galhos atravessados pelo forro da sala e o alagamento da casa foram resultado de um temporal que atingiu a cidade naquela noite.

— Meu genro recém havia chegado com as crianças e colocado o carro na garagem. Eu já estava deitada. O susto foi grande — relembra.

A cuidadora conta que, no momento da queda, estava no quarto. Já a filha, o genro e os netos estavam na casa que fica nos fundos do terreno. Por sorte, a sala atingida pela árvore passava por reforma e estava vazia. Ninguém ficou ferido.

Prejuízos

Vera agora contabiliza os prejuízos. Além do carro, as telhas e o forro da sala, corredor, parte da cozinha e a área de serviço foram destruídos. As tomadas de quatro cômodos não podem ser utilizadas e a maioria das lâmpadas está danificada pelo contato com a água.

Segundo ela, a prefeitura informou que, por tratar-se de um desastre natural, não poderá ressarci-la.

— Vou entrar na Justiça. Enquanto isso, vou juntar dinheiro e, aos poucos, reerguer o telhado — garante a moradora.

Foto: Omar Freitas / Agencia RBS

Duas semanas após o episódio, o cenário continua praticamente o mesmo. Desde o dia do acidente, Vera recorreu ao Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e prefeitura, mas ainda não conseguiu a retirada da árvore.

No dia 26 de dezembro, os bombeiros estiveram no local, mas apenas fizeram a poda de alguns galhos. No dia 5 de janeiro, outra equipe retirou mais galhos, limpou o telhado e colocou uma lona fornecida pela Defesa Civil. A árvore, no entanto, não foi retirada porque não havia o caminhão Munk.

— Agora, só com máquina — disse o bombeiro civil Carlos Cardoso.

Nativa

A prefeitura tem o caminhão, mas informou à moradora estar utilizando o veículo para atender moradores da Vila Augusta, atingidos pelo temporal do dia 3 de janeiro, que teriam casos mais urgentes do que o dela.

Vera mora há 52 anos no endereço, e diz que a árvore nunca representou perigo. Ela conta que, há dois anos, pediu a poda à prefeitura, mas foi informada de que não poderia ser feita, pois se tratava de uma árvore nativa.

Leia mais
Com doença no útero, moradora de Canoas conseguiu atendimento após procurar cinco hospitais
Comerciante de Capela de Santana aguarda cirurgia no fêmur há 10 anos
Aposentada aguarda cirurgia de retirada de osso e plástica no crânio desde agosto de 2016

Remoção é prioridade

A prefeitura de Viamão informou que o caminhão Munk esteve em manutenção, mas já está disponível. Os dias de chuva impediram a realização do serviço, por segurança. O caminhão é pesado, e a rua íngreme, o que impede o acesso do veículo ao local. O pedido está listado como prioridade e deve ser atendido assim que a rua estiver seca, se possível ainda nesta semana.

Em relação aos prejuízos, a orientação é que Vera abra um protocolo no serviço de atendimento ao cidadão, para avaliação do caso.


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • Eduardoleote

    Eduardoleote

    EduardoLeote@diariodecanoas @diario_gaucho @aovivozh @bvcanas Incêndio no Bairro Rio Branco em Canoas Rua Cairú altura do numer… https://t.co/EoJS53amHdhá 2 horas Retweet
  • diario_gaucho

    diario_gaucho

    Diário Gaúchohttps://t.co/qhP1z4CaPhhá 4 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros