Família de Viamão que perdeu tudo em incêndio no Ano-Novo precisa de ajuda para recomeçar a vida - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Seu Problema é Nosso12/01/2017 | 08h08Atualizada em 12/01/2017 | 08h08

Família de Viamão que perdeu tudo em incêndio no Ano-Novo precisa de ajuda para recomeçar a vida

A casa pegou fogo após um curto-circuito nos fios da televisão

Família de Viamão que perdeu tudo em incêndio no Ano-Novo precisa de ajuda para recomeçar a vida Arquivo pessoal/Leitor/DG
Foto: Arquivo pessoal / Leitor/DG

O ano não começou bem para a dona de casa Raquel de Souza Leite, 18 anos, o marido Joshua Andrey Corcete, 19 anos, e a filha Larissa Leite Corcete, quatro meses. Na virada do dia 31 de dezembro para 1° de janeiro, a casa onde eles moravam na Rua Santo Onofre, Bairro Santo Onofre, em Viamão, pegou fogo após um curto-circuito nos fios da televisão.

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!

Raquel e a família estavam comemorando a chegada de 2017 na casa da sogra, que também fica no Bairro Santo Onofre, quando um vizinho chegou correndo ao local para dar a triste notícia.

— Fomos rápido ver o que estava acontecendo e a casa estava completamente em chamas. O Corpo de Bombeiros veio, mas não tinha mais jeito, já tínhamos perdido tudo — recorda Raquel.

De acordo com a dona de casa, tanto a televisão quanto a fiação da casa eram antigas, mas ela jamais imaginou que poderia acontecer um acidente como este.

Solidariedade

Desempregados e com uma filha pequena para criar, Raquel e Joshua estão morando de favor na casa da mãe dele. Entretanto, a ideia do casal é reconstruir um lar no terreno onde perderam a casa, que é próprio.

Vizinhos e amigos se mobilizaram para ajudar a família, que já ganhou doações de uma cama, sofá, carrinho de bebê, fogão e uma cesta básica, mas ainda faltam muitos itens para reconstruir a vida.

Foto: Arquivo pessoal / Leitor/DG

— Graças a Deus não tinha ninguém dentro da casa na hora do incêndio, mas foi muito triste começar o ano assim. Estamos buscando ajuda de todos os lados para recomeçar, mas perdemos inclusive nossos documentos e roupas — lamenta Raquel.

Leia mais
Idosa de Alvorada aguarda há seis anos consulta com ortopedista para trocar prótese na perna esquerda
DMLU não cumpre prazo e escadaria em Porto Alegre segue sem serviço de capina desde novembro
Desde a noite de Natal, moradora de Viamão aguarda retirada de árvore que caiu sobre sua casa

O que a família precisa

- Material de construção

- Móveis e eletrodomésticos

- Roupas tamanho 36/38 e M para a Raquel, tamanho 36/38 e M/G para o Joshua e roupinhas de bebê para a Larissa

- Fraldas tamanho M/G

- Alimentos em geral

- Oportunidade de trabalho

Se você quiser ajudar, entre em contato pelo telefone (51) 98621-5107, falar com a Vitória Nogueira (amiga da família, pois eles estão sem telefone no momento)


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros